A economia criativa como estratégia de desenvolvimento

Conceito parcialmente novo e ainda pouco conhecido, a procura pela economia criativa como estratégia de desenvolvimento tem aumentado muito ao longo dos últimos anos. Se para você o assunto também é novidade, vale a pena entender melhor o que esse termo significa e sua importância.

Ainda em formação, economia criativa refere-se principalmente aos segmentos que trabalham com cultura e algum tipo de iniciativa artística, podendo facilmente ser aplicado a inúmeras outras empresas, desde um estúdio de música até uma marca de grife da moda.

Mais do que gerar valor financeiro através do lucro, uma das características marcantes dessa metodologia estratégica é a criação de valor em diferentes esferas, tais como ambiental, social e até mesmo simbólica.

5 dicas para atuar na economia criativa e obter sucesso

Para se manter no mercado atual e ter sucesso não basta apenas oferecer bons produtos com valores comerciais competitivos. É imprescindível ter aquele algo mais e é justamente nesse momento que entra a economia criativa como estratégia de desenvolvimento.

Será que a sua empresa pode usar a economia criativa como estratégia de desenvolvimento? Veja a seguir algumas dicas.

1.     Tenha objetivos e metas

Encontrar as dores do público e oferecer soluções: Esse deve ser sempre o objetivo e meta para quem quer atuar na economia criativa.

2.     Coloque suas ideias no papel e em prática

Pesquise muito sobre como transformar a ideia em realidade. Saiba como e quando seu cliente quer ser ajudado.

3.     Crie protótipos

A partir do protótipo é possível comercializar um produto que se quer foi oficialmente lançado.

4.     Sempre defina métricas

Quer saber se a economia criativa está dando resultados? Use boas métricas e veja em detalhes a aceitação do público.

5.     Mantenha-se em constante aperfeiçoamento

Criatividade é algo que não pode ficar estagnado, sendo assim procure sempre desenvolver novos modelos e produtos a fim de um aperfeiçoamento constante.

Gostou das dicas dadas sobre a economia criativa como estratégia de desenvolvimento? Em quais áreas você mais enxerga esse modelo de trabalho? Aproveite para deixar seu comentário e as suas observações, e ajude outro leitor!

Veja também

Leave a Comment