Como analisar a concorrência em diversas estratégias

Um dos principais pontos a ser levado em consideração ao acompanhar o crescimento de sua empresa é a observação de outras empresas que focam no mesmo segmento. É crucial saber como observar as empresas concorrentes, de forma a adotar a estratégia certa para superar suas estratégias.

 

Conhecido no mundo empresarial como benchmarking, essa estratégia de negócios implica em um levantamento de dados que analisa e compara a sua empresa em fatores como: tipo de produto ou serviço, porte da sua empresa e método de atendimento.

 

Alguns dos benefícios em analisar seus concorrentes são:

 

  • Identificar novas oportunidades de negócio.
  • Descobrir áreas inexploradas de serviço.
  • Conhecer novos métodos de atingir seu público-alvo.
  • Reconhecer seu lugar no mercado em comparação a outras empresas.
  • Testar novas estratégias de marketing.

 

Defina quem são seus concorrentes.

 

O primeiro passo para uma boa estratégia de análise é a saber quem são seus concorrentes no mercado. No geral, qualquer outro negócio formal ou informal que ofereça o mesmo tipo de produto ou serviço, focados no mesmo público-alvo, podem e devem ser observadas. Nesse momento, é necessário dar um passo atrás e observar o ambiente macro dos clientes que são atingidos: caso sua empresa ofereça um serviço específico, é preciso avaliar o que levou o cliente a precisar do que é oferecido em seu negócio.

 

Como analisar a concorrência?

 

A partir do momento de que se tem em mente quais são seus concorrentes diretos, um dos primeiros passos é colocar sua empresa em direta comparação com qualquer outra que atue no mesmo segmento. Analise o volume de negócios, qual a empresa possui mais tempo de mercado, sua identidade de marca, métodos de comunicação, pontos de venda, política de preços e até mesmo redes sociais.

 

Conhecer seus concorrentes é a forma mais fácil de conseguir superá-los. Com a análise correta, você conseguirá antecipar qualquer ação futura que outra empresa pretende fazer. “Espionar” seus concorrente também ajuda a entender porque potenciais clientes escolhem uma empresa e não outra.

 

  • Produtos ou serviços

 

Hoje, todo e qualquer produto ou serviço não está sozinho no mercado. Sempre existe uma concorrência que deve ser batida. Por mais que sua empresa possa se diferenciar por um número de fatores, no final é sempre a escolha do consumidor. Logo, é preciso avaliar a funcionalidade e a finalidade do produto ou serviço e absorver dos substitutos todas as melhorias que seu negócio pode utilizar para melhorá-lo sempre.

 

  • Preço

 

Mesmo que outra empresa apresente um produto ou serviço da mesma funcionalidade, o preço sempre será um fator importante na escolha de um cliente. Nesse caso, você deve analisar uma estratégia de marketing que faça valer o valor aplicado em seu negócio.

 

  • Identidade

 

Sua empresa é a líder do mercado? Saiba que seus concorrentes também estão te avaliando para retirar o melhor do que tem a oferecer. Você não deve trabalhar para ser melhor que seu concorrente, deve trabalhar para ser o melhor no que faz. O posicionamento de sua empresa em comparação aos concorrentes justifica suas escolhas de valor aplicado, local de venda e até mesmo a identidade dos produto ou serviço que você oferece!

 

Como diferenciar sua empresa da concorrência?

 

Com uma pesquisa-base pronta, sua marca tem em mãos o material necessário para dar um passo à frente de qualquer outra empresa que atue no mesmo mercado. Assim, você consegue criar um diferencial competitivo, tendo sempre “algo a mais” do que já é oferecido.

 

Ouvir os clientes e usuários de seus concorrentes é um artifício amplamente utilizado em diversos modelos de negócio para justamente criar esse diferencial. Ao melhorar fatores não oferecidos pela concorrência como o preço, atendimento ou qualidade dos produtos já cria uma relação de confiança entre marca e consumidor, atraindo novas oportunidades e fidelizando os já conquistados.

 

De olho no mundo online!

 

Uma pesquisa minuciosa nos sites concorrente é uma boa alternativa para avaliar pontos fortes e fracos, na busca de conseguir bons resultados. Tente observar a plataforma deles com a visão de um cliente, avalie se as informações estão disponíveis de maneira simples e de fácil acesso.

 

Procure os concorrentes em mecanismos de busca! Comparar a facilidade de encontrar os sites das empresas da concorrência em mecanismos de busca diz muito do quanto o seu próprio negócio deve investir em presença digital. Corra atrás de blogs e parcerias dos concorrentes para saber se eles investem em marketing de conteúdo.

 

  • Mídias sociais

 

Atualmente, as redes sociais constituem um modelo de negócio bem poderoso se utilizadas da maneira correta. O alcance que fica disponível para qualquer tipo de ação e a facilidade de se montar uma presença online tornam essa ferramenta uma grande aliada de qualquer empresa.

 

Ao analisar a concorrência, você deve observar alguns fatores importantes como a quantidade de seguidores (que não necessariamente significa popularidade), o engajamento das publicações (ou seja, o quanto as pessoas interagem com a empresa via internet) e a identidade de perfil que elas representam no mundo online (como uma empresa séria ou mais “descolada”, que visa atrair um público mais jovem).

 

Hora de atacar!

 

Agora que você descobriu estratégias básicas para analisar a concorrência, utilize essas táticas em toda a sua estratégia de marketing, adaptando seu negócio para seguir os padrões de comportamento de seus clientes. Transforme sempre seu método de trabalho, evoluindo e facilitando seus processos.

 

Lembrando sempre que o trabalho de benchmarking não é algo a ser feito apenas uma única vez: ele é um fator importante no desenvolvimento de uma empresa e deve ser recorrente para que seus concorrentes nunca te deixem para trás!

 

Essa postagem foi escrita por João Cardoso, do time de marketing WeLancer.

Veja também

Leave a Comment