Automação comercial: como ela pode se tornar essencial para o seu negócio

automacao comercial

 

A rotina de um estabelecimento varejista pode ser intensa!

Repleta de atividades e processos fundamentais para o bom funcionamento de uma empresa. Compra e venda de mercadorias, reposição de produtos, gestão financeira, cobrança, emissão de orçamentos, fechamento de caixa e controle de estoque são algumas destes procedimentos.

 

São processos comuns a rotina de um estabelecimento comercial, entretanto para trabalhar de forma eficiente e gerar resultados é necessário que todos os dados e as informações, que envolvem estes procedimentos, estejam organizados e principalmente interligados.

 

Sabendo da importância de cada uma destas atividades, fica difícil controlar várias planilhas ou anotar tudo em caderninhos, pois isto demanda tempo e não permite erros. É através destas necessidades que a Automação Comercial ganha espaço.

 

Com o objetivo de agilizar a rotina, garantir a integridade dos dados e auxiliar na administração de uma empresa, a automação dos processos torna-se fundamental para qualquer estabelecimento comercial.

 

Neste post vamos explicar um pouco mais sobre: o que é a automação comercial de fato e como ela pode contribuir para que a rotina da sua loja se torne mais eficiente.

 

O que é automação comercial?

 

Automatizar as principais operações, além de simplificar o dia a dia, torna a gestão de um negócio muito mais estratégica.

 

Como dito, estes são processos que exigem organização e demandam tempo, mas são essências para o funcionamento de uma loja e para a administração eficiente do negócio.

 

Sabendo disto, a automação oferece diversos recursos entre equipamentos e sistemas que gerenciam e integram todos os dados durante estas etapas. Ferramentas como leitores de código de barras, gavetas de caixas registradoras, balanças de precisão, impressoras fiscais, transmissores de cupons fiscais eletrônicos e softwares de automação.

 

Todas estas soluções tecnológicas contribuem, agilizando e simplificando, o controle de entradas e saídas do estoque, o monitoramento das vendas, a emissão de documentos fiscais e a gestão financeira da loja.

 

Uma vez que estas são as atividades principais no dia a dia de diversas empresas do setor varejista, ao automatizar estes processos, erros comuns, a necessidade de retrabalhos, constante perdas, o tempo dedicado e os custos são reduzidos consideravelmente.

 

Em geral, todos estes equipamentos e processos são gerenciados por um software de automação comercial, que pode ser considerado como cérebro de todas estas operações.

 

Sistemas de automação comercial e suas vantagens

 

Por trás da execução de todas estas etapas e procedimentos sempre existe um software gerenciando, armazenando e processando todas estas informações.

 

Mas você deve estar se perguntando, quais informações?

 

Vamos imaginar a venda de um simples produto no ponto de venda, sendo composto por algumas fases:

 

O Primeiro passo será verificar se a mercadoria que o cliente deseja está disponível em estoque, a seguir a realização de um cadastro do cliente, a emissão de um possível orçamento ou pré-venda, o lançamento da venda, a emissão da nota fiscal, a baixa do produto armazenado e o registro da entrada nos controles financeiros da empresa.

 

Pode não parecer, mas todas estas etapas são realizadas durante uma única venda. Agora imagine realizar isto diversas vezes? Seria necessário envolver muitas pessoas, vários papéis e planilhas e criar inúmeros processos para que toda esta operação ocorra perfeitamente, o que poderia consumir muito tempo e não permitiria nenhum simples erro.

 

É através desta necessidade que um sistema de automação comercial se apresenta e demonstrar ser indispensável.

 

O papel do software, neste caso, é fazer com que cada fase deste processo seja abastecida com dados, de uma maneira integrada e automática. Ou seja, a partir do momento que uma mercadoria é vendida, por exemplo, outros setores como estoque, finanças e faturamento, também são acionados.

 

Neste caso, citamos apenas um exemplo simples de quais vantagens e como um programa pode contribuir durante uma simples venda, porém existem outros setores e situações (dentro da empresa) que a automação comercial se tornar indispensável.

 

Controle de estoque

 

Composto por inúmeras etapas, a Gestão do Estoque é uma das principais atividades para qualquer estabelecimento varejista.

 

Exigindo o acompanhamento de cada movimentação (entrada e saída) de mercadorias, o cadastramento, o controle dos níveis, a baixa de produtos vendidos, a reposição e a realização do inventário são alguns exemplos dos processos que envolvem um controle de estoque eficiente.

 

Automatizar cada etapa do Controle de Inventário pode significar ganho de tempo e uma maior organização, tendo em vista, todas as atividades que podem ser realizadas facilmente ou até de forma automática.

 

Controle das vendas

 

Quais são os produtos que mais vendem ou quais os clientes que mais compram? Qual o ticket médio do seu negócio? Seu negócio possui alguma sazonalidade nas vendas?

 

Estas são algumas perguntas que um software de automação comercial pode ajudar você a responder sobre suas vendas e que são essenciais para a sobrevivência da uma empresa.

 

Interligando os dados com outros setores da empresa através de um programa, o atendimento aos seus clientes se torna mais eficaz e a gestão dos seus resultados mais estratégica.

 

Adequação Fiscal

 

A Legislação Fiscal brasileira é uma das mais complexas do mundo, muitos tributos diferentes e mudanças frequentes podem fazer com que qualquer lojista se sinta meio perdido ao vender uma mercadoria de acordo à legislação fiscal.

 

Cupons Fiscais como SAT, NFC-e ou Nota Fiscal Eletrônica, por exemplo, possuem inúmeros dados fiscais obrigatórios.

 

A falta destas informações armazenadas e organizadas (papel este do sistema) se torna praticamente impossível emitir algum documento fiscal e consequentemente vender qualquer mercadoria, isto por que usa empresa não estará adequada à Legislação fiscal.

 

A automação comercial pode auxiliar diversos outros setores e processos dentro de um negócio. A partir deste post é possível identificar como passa a ser algo indispensável até mesmo nas atividades mais comuns.

 

Sendo assim, o empreendedor varejista que busca reduzir erros, perdas, retrabalhos, custos e ainda por cima ganhar tempo e otimizar seus processos não pode deixar de contar com o apoio da automação comercial na rotina da sua empresa.

 

Você gostou deste post? Confira outros posts ligados a automação comercial em nosso blog. Toda semana um post diferente com dicas e soluções para você otimizar a rotina da sua loja.

Este post foi escrito em parceria com o pessoal da ACSN.

Postagens relacionadas

Veja também

Leave a Comment