Bullying no trabalho: quando a brincadeira passa a ser agressão

bullying no trabalho

No ambiente corporativo a convivência diária com os colegas de profissão dá oportunidade para surgir a intimidade. A medida que as pessoas perdem a timidez do primeiro contato é comum que a relação entre um grupo de colegas tenha uma brincadeira aqui, outra piadinha acolá, uma zoação para quebrar o gelo e por aí vai…

Mas o que muita gente deixa passar despercebido é que de início um sorriso amarelo pode ser só o motivo de uma brincadeirinha sem graça, mas se houver frequência nesse tipo de comportamento, a piada passa a ser considerada bullying no trabalho.

De origem inglesa, o termo bullying está associado com a prática de violência física e/ou psicológica de forma repetida e intencional.

E ao contrário do que muita gente pensa, bullying não acontece apenas no ambiente de escola entre criança e adolescentes. Esse mau comportamento se estende também para a vida adulta e pode acontecer no local onde você trabalha.

Neste artigo vamos conversar sobre o assunto, mostrar como identificar, suas consequências e como evitar.

Boa leitura!

 

Identificando o bullying no trabalho

 

Preconceitos indiretos, apelidos pejorativos, chacotas, piadinhas e brincadeirinhas de mau gosto. Todos esses comportamentos são exemplos de bullying no trabalho.

Mas nem sempre é fácil diferenciar um comportamento abusivo de uma brincadeira, pois geralmente quem sofre as agressões não se permite demonstrar incômodo, tentando levar a situação na esportiva.

Muitas pessoas não contestam as agressões ou procuram um líder de imediato para falar sobre a situação por acreditar que isso venha a causar transtornos no ambiente de trabalho ou um descontentamento dos superiores.

O que precisamos considerar é que brincadeiras e bom humor são necessários para construir um ambiente agradável e de bons relacionamentos, mas que essas atitudes não coloquem em julgamento o comportamento ou estilo dos outros.

Para que você possa identificar os comportamentos de bullying no trabalho, listamos algumas atitudes. Confira:

  • Fazer piadas de mau gosto
  • Fazer críticas sem sentido
  • Tratar uma pessoa da equipe de forma diferente
  • Excluir ou isolar o colaborador
  • Gritar com o funcionário
  • Exigir determinado comportamento do colega
  • Culpar o colaborador sem justificativa
  • Vigiar excessivamente um funcionário
  • Xingar
  • Reprimir o colega por ele ter gosto ou opinião diferente da sua
  • Não saber respeitar o espaço do colega
  • Não respeitar o tempo de aprendizado do colega
  • Praticar o preconceito para ser taxado como descolado

 

Consequências do bullying no trabalho

 

Para o Agredido

 

Dentre os problemas causados pelas intimidações e humilhações, podemos mencionar: descontrole emocional, sensação de perseguição, baixa autoestima, estresse, insegurança, alterações de humor e depressão.

Junto com as mudanças de comportamento, o bullying pode acarretar também o surgimento de patologias físicas, como gastrite, dores de cabeça e musculares, entre outros.

O resultado disso tudo no trabalho é refletido no isolamento, queda na produtividade, desmotivação e desengajamento.

 

Para a empresa

 

Esse tipo de situações gera graves consequências para a empresa. Além de ter perda de produtividade, muitas vezes há perda de bons profissionais.

Junto ao prejuízo financeiro devido o baixo rendimento e possíveis faltas no trabalho da vítima, a empresa pode responder processos judiciais do âmbito trabalhista. A vítima de bullying no trabalho pode comprovar as agressões por meio de testemunhas, de e-mails, cartas e mensagens de celular.

 

Para o agressor

 

O agressor pode ser demitido por justa causa e responder a processos disciplinares, por danos morais e, dependendo do caso, também por danos materiais.

 

Como evitar o bullying no trabalho

 

Todas as pessoas são responsáveis pela construção de um ambiente de trabalho saudável, que acima de tudo promove o respeito entre as pessoas. Mas a empresa também é responsável por inserir na sua cultura corporativa a gentileza no dia a dia e a tolerância entre a diversidade.

Quando falamos de bullying no trabalho, é importante que a empresa preste mais atenção no comportamento dos seus funcionários para tomar algumas iniciativas, através de treinamentos e campanhas, para evitar que aconteça saídas voluntárias, quedas na produtividade e processos judiciais.

A política deve listar o que será ou não tolerado e possíveis punições para comportamentos inadequados, como advertências ou demissão do agressor, dependendo da gravidade da situação.

É interessante também disponibilizar apoio psicológico aos colaboradores que possam estar sofrendo com essas ações.

Abaixo listamos algumas ações que sua empresa pode fazer para evitar a prática de bullying no trabalho. São elas:

  • Promover ações de conscientização sobre as condutas abusivas;
  • Incentivar o respeito à diversidade e aceitação ao outro;
  • Estimular a integração entre os colaboradores para tornar o ambiente mais colaborativo;
  • Democratizar os pontos de contato internos com os empregados para que se estabeleça a comunicação;
  • Realizar pesquisas de clima organizacional e de comunicação interna e
  • Capacitar os responsáveis pelos times para que sejam bons líderes.

Estamos passando por uma era de consideráveis mudanças no comportamento social. O politicamente correto está nas rodas de discussão e as minorias passam a ganhar mais voz na sociedade.

Mas não é porque a representatividade está sendo maior que o desrespeito não acontece. O bullying por muito tempo foi visto como “mimimi”, mas hoje sabemos suas consequências e por isso lutamos tanto para incentivar a empatia e respeito.

Quer aprender um pouco mais sobre gestão de pessoas? Leia agora!

 

Sobre o autor:

Este artigo foi escrito pela equipe do endomarketing.tv. Neste blog falamos principalmente sobre comunicação interna, gestão de pessoas, liderança e TV Corporativa como ferramenta para auxiliar com todos esses tópicos. O endomarketing.tv é uma iniciativa da Progic, empresa que possui uma solução completa de TV Corporativa para melhorar a comunicação com os colaboradores em sua empresa. Acesse nosso site e conheça a TV Corporativa Progic!

Veja também

Leave a Comment