Como conseguir clientes para uma lanchonete?

Clientes lanchonete

Em todo empreendimento, um bom planejamento estratégico faz toda a diferença e ajuda a simplificar os processos de trabalho. Tendo em mente essa premissa, e sabendo que você atua no mercado da alimentação, vamos te ajudar na jornada para conquistar novos clientes.

Fique conosco até o final, na certeza de que lhe daremos boas instruções para alavancar suas vendas. Nossas dicas são úteis para quem já possui uma lanchonete e quer ganhar mais clientes, mas também para quem está querendo entrar nesse ramo e precisa de um empurrãozinho extra.

Por onde começar?

Abaixo reunimos aqui alguns passos que você precisa seguir para ter sucesso em seus negócios e conquistar novos clientes para sua lanchonete.

 

13 passos para conseguir clientes para uma lanchonete

 

Conheça seu público – O empreendedor deve ser capaz conhecer o seu público-alvo por meio de pesquisas de mercado e só assim sobreviverá a intensa concorrência já estabelecida.

Mapeando as demandas e interesses, será possível chegar a quais produtos cabem investimento naquele determinado local. Isso impacta até mesmo na elaboração de um cardápio atrativo, no espaço físico a ser estruturado e no tipo de divulgação mais eficaz. Temos aqui, a raiz de todo um sólido negócio.

Para isso, ao pensar no seu cliente, leve em consideração:

  • a sua idade e gênero;
  • as suas preferências e necessidades;
  • o seu modo de vida;
  • o seu poder aquisitivo;
  • o seu local de residência.

 

O foco deve incidir também sobre a região a qual a lanchonete está instalada, trata-se de uma localidade mais comercial ou residencial, por exemplo. Se o ambiente for mais familiar, um cardápio kids é indispensável.

 

Estude a concorrência – No ramo gastronômico, a concorrência é muito grande, seja direta ou indiretamente. Mas essa mesma concorrência será implacável se você permitir. Saiba se diferenciar no meio, encontre alternativas inteligentes e criativas e o apoio profissional pode ser muito válido nessa tarefa.

Vamos pensar na concorrência: O que eles estão fazendo? Quais seus pontos mais positivos? Quais seus maiores erros ou falhas mais recorrentes? Você precisará superá-los e não repeti-los.

Pense então sobre os cardápios oferecidos. Mesmo que seu negócio seja se especializar em sushi, pizza ou burgers delivery, todos os demais estabelecimentos que vendem comida são concorrentes.

Já deu para perceber que as pesquisas são o pontapé inicial para o seu planejamento, né!

Elabore um cardápio de qualidade – As pessoas querem ter experiências diferenciadas, especialmente no ramo gastronômico. A tendência gourmet atingiu em cheio esse setor. E, não vamos esquecer que os públicos vegetarianos e veganos, por exemplo, são bem grandes e tendem a crescer. Crie opções para eles também, por que não?

Além de ter um cardápio bem variado, não se esqueça da qualidade dos produtos. Isso é o que o vai diferenciar a sua lanchonete. Acerte em cheio no sabor!

Abra em dias e horários diferenciados – Você está aqui buscando por uma solução que seja eficiente para conseguir clientes para uma lanchonete, mas costuma fechar nos mesmos dias que os concorrentes?

Um bom recurso para aumentar as vendas é abrir em dias ou em horários em que a maioria dos estabelecimentos está de portas fechadas. Mais uma vez a pesquisa sobre a concorrência fará sentido.

Talvez nas segundas-feiras o movimento seja fraco e, por isso, nenhuma lanchonete da cidade esteja aberta. Há ainda aqueles feriados difíceis de encontrar um comércio aberto, como Natal e réveillon. Invista aí, se estiver disposto a ganhar uma clientela sem assistência.

Crie um ambiente convidativo – Se for necessário faça uma reforma, adeque o ambiente aproveitando melhor o espaço e seus recursos disponíveis e nunca se esqueça da acessibilidade. Um espaço deficiente é aquele que não permite conforto e usufruto pelos mais variados públicos. 

Não se esqueça de permitir o acesso liberado à internet, através de pontos com WiFi grátis.

Invista em divulgação – Se você está disposto a atender bem a todos, a qualquer tempo, faça com que todos saibam disso! A sua publicidade não poderá ser tida como um gasto, mas como investimento e, os ganhos serão incontáveis. Construa uma identidade visual, uma fachada atraente, limpa e condizente com o estilo do estabelecimento.

As mídias sociais são indispensáveis, como Facebook e Instagram. Fotos e montagens bonitas e criativas dão uma forcinha extra aos negócios, nas quais as pessoas começarão a comer com os olhos antes de chegar de fato a sua lanchonete.

Propagandas alegres, coloridas e bem-humoradas fazem sucesso. Fuja do óbvio e conquiste públicos variados.

Use uma estratégia de segmentação para ser ainda mais eficiente!

Ofereça o serviço de delivery – Essa é uma alternativa de grande retorno. Mas para que dê certo, precisamos alertar, de antemão, que adeque sua estrutura para comportar a demanda. Inicialmente, você pode alocar um ou dois entregadores e atuar apenas nas redondezas.

Posteriormente, à medida que a demanda exigir, amplie o raio de atendimento. Mas já podemos adiantar que o serviço de entrega em casa tem sido uma boa fonte de lucro, o que já salvou muitas lanchonetes do fracasso.

Adote novos canais de comunicação – Não fique restrito ao contato telefônico tradicional, pois manter contato por aplicativo de mensagens, por exemplo, será mais cômodo aos clientes realizar reservas, tirar dúvidas sobre preços e cardápios, além do serviço delivery, se for o caso.

Essa é uma tendência, mas atenção para ser intempestivo quanto ao retorno à clientela. Use e abuse da tecnologia ao seu favor, com cordialidade e presteza no atendimento.

Insira o entretenimento – A crise chegou para todos os setores e, aqueles, com maiores capacidades de adaptação que irão sobreviver. Sabemos que estamos em uma das mais prolongadas crises, cujos efeitos estão sendo difíceis de ser superados em relação à outros períodos recessivos da história.

Por essas e outras, que o entretenimento pode ser também o aliado para atrair clientes para uma lanchonete. Talvez você esteja perdendo a clientela não só por conta da crise e, sim porque não ofereça nenhuma novidade aos frequentadores.

Aí vão algumas dicas, como organizar eventos temáticos, oferecer o espaço para aniversários, disponibilizar local para quem trabalha online, como os coworkings, ou ainda uma mesa de sinuca ou jogos eletrônicos.

Destaque sua especialidade – Já pensou em selecionar, dentre seus produtos, algum para que seja a marca registrada da sua lanchonete? Avalie essa possibilidade e escolha um item que será a especialidade do seu estabelecimento. Pode ser uma receita de família, por exemplo.

Comece dando o destaque necessário desse item no cardápio e instruindo os garçons sobre sempre oferecê-la, como o cargo chefe.

Indique e ganhe – Essa é mais uma estratégia para conseguir mais clientes para a lanchonete ou outros negócios. Dê vantagens para que o cliente traga novos consumidores. Nesse caso, a aposta principal é o boca a boca, no qual associado a outras estratégias de marketing pode render bons frutos. Então, não vamos parar por aqui.

Faça promoções – Mimos fazem toda a diferença, afinal quem não gosta de algo gratuito? Os resultados são realmente muito bons. Reúna essa tentativa com outras tantas ações possíveis, como “promoção aniversariantes”, contemplando com um belo desconto ou lanche grátis.

Atraído pela oportunidade, o seu cliente certamente irá consumir algo do cardápio.

Promoções em datas específicas são válidas para sanar a baixa no movimento de certos dias, sem comprometer tanto seu negócio. São opções ofertar brindes, combos e o famoso compre 1, leve 2.

A ideia de criar diferentes combos faz com que o consumidor economize e consiga conhecer mais produtos servidos pelo estabelecimento.

Fidelize seu cliente – Pouco adianta você conseguir clientes para uma lanchonete e não fidelizá-los. É preciso ter uma boa estratégia de retenção para elevar os números do seu negócio.

Cativar seu cliente encurta o caminho para que ele se torne fiel. Alguns fatores são imprescindíveis, como o bom atendimento, a limpeza do local, um ambiente agradável e um produto de qualidade elevada. Tudo isso faz com que as pessoas queiram voltar e ainda indiquem para amigos e familiares. Olhe só o boca a boca mais uma vez presente.

Um programa de fidelidade também é uma possibilidade real de fidelização, distribuindo cortesias, cartões ou registros de pontos.

Ofereça um bom atendimento – Fato: se o cliente for mal atendido, não voltará e de nada adiantará todos os investimentos anteriores. Para evitar problemas desse tipo, uma equipe treinada e motivada faz toda a diferença. A agilidade no atendimento também conta como ponto positivo.

Alcançar o objetivo de aumentar as vendas da sua lanchonete em 2020 passa por um esforço conjunto que requer muita dedicação e foco de todos os envolvidos. Contudo, o cliente e a sua experiência dentro do estabelecimento devem ser os principais elementos da gestão da empresa e, os ganhos serão consequência.

 

 

Autor Convidado: Mayk Souza

Veja também

Leave a Comment