Conheça as empresas privadas que estão ajudando no combate ao coronavírus

Combate ao coronavirus

Com o rápido avanço do novo coronavírus, o Covid-19, muitas ações estão sendo tomadas pelos governos para tentar proteger as pessoas e manter o controle do vírus.


E, no meio de tantos problemas nesse novo desafio que o mundo enfrenta, muitos bancos e fintechs estão facilitando pagamentos e diversas iniciativas estão sendo tomadas pelas empresas privadas para ajudar a população.


Para fugir um pouco de tanta preocupação e notícias difíceis, é importante conhecer boas ações de marcas e empresas que estão colaborando no combate do coronavirus no país. Pensando nisso, listamos algumas boas ações para você, confira!


Ambev


Que a Ambev é famosa pelas suas diversas marcas de álcool com as cervejas, todo mundo sabe. Mas neste momento, a empresa foi além e, no lugar da cerveja, a Ambev vai produzir álcool em gel para doar a hospitais públicos em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, os maiores focos da doença no momento.


A empresa já produziu 500 mil unidades de garrafas pet em que serão envasados o álcool em geral e já convidou mais empresas para ampliar o movimento. As parceiras serão anunciadas em breve, assim como as doações.


O álcool utilizado será extraído da produção da principal cerveja sem álcool da Ambev, a Brahma 0,0%.


Burger King


A rede de fast food Burger King Brasil vai ajudar o Sistema Único de Saúde (SUS) do país com doações. Segundo a empresa, parte de toda receita líquida de qualquer sanduíche vendido no Burguer King ou no Popeyes até o final de março será doada para o sistema público de saúde no Brasil.


Além disso, desde o início da pandemia, a rede montou um comitê para combater riscos e reforçar a rotina de higiene de seus funcionários, seja nos restaurantes ou nos escritórios.
A companhia não sabe exatamente quanto será o valor da receita doada, mas acredita que arrecadará ao menos 1 milhão de reais e destinar à essa causa.


Ifood


O Ifood anunciou uma série de medidas para apoiar os estabelecimentos cadastrados durante esse período de incertezas. A primeira ação é a criação de um fundo de assistência a restaurantes, com foco nos pequenos estabelecimentos locais.


A plataforma vai também antecipar o recebimento dos restaurantes, sem custo adicional, o que pode injetar até R$600 milhões no mercado brasileiro.


A empresa também afirmou que vai devolver aos restaurantes parceiros todo o valor arrecadado com as taxas de serviço na opção “para retirar”, em que o consumidor se dirige ao estabelecimento. A ideia é amenizar as perdas decorrentes no momento de crise.


Além disso, o Ifood divulgou instruções de prevenção de contágio, como diminuição de contato nas entregas e criará um fundo solidário para dar suporte aos parceiros de entrega que necessitem permanecer em quarentena por conta da doença. Mais detalhes e outras medidas ainda serão anunciadas pela empresa.


Magazine Luiza


A rede varejista brasileira Magazine Luiza é mais uma empresa que está com ações para ajuda no combate do coronavírus no país. A loja está com frete grátis para produtos de necessidade imediata, com objetivo de ampliar o acesso a itens como máscaras de proteção, nebulizadores e álcool em geral para que as pessoas recebam sem sair de casa.


Além disso, a rede está fazendo doações de colchões e travesseiros para pessoas em situação de rua e abrigos para minimizar o impacto nessa população vulnerável.


Facebook


O Facebook criará um de fundo de US$100 milhões para ajudar até 30 mil pequenos negócios em países selecionados a passarem pela atual crise do coronavírus. O apoio financeiro é para ajudar as empresas a manterem suas operações e pagar pessoas que não puderem ir trabalhar.


Além disso, o foco é manter as pessoas seguras e informadas e apoiar especialistas em saúde a combater notícias falsas.


Louis Vuitton


A famosa marca de bolsas e roupas de luxo Louis Vuitton anunciou a interrupção da produção de perfumes em sua fábrica para produzir álcool em gel que serão doados a hospitais da França.


O produto que está em falta em várias regiões e é importante ferramenta de prevenção e higienização será entregue sem custo às autoridades de saúde francesas durante o tempo que for necessário.


Em tempos de crise, toda ajuda é bem-vinda, especialmente de grandes empresas que possuem grande capital e pode ajudar os seus países. Você conhece mais iniciativas? Procure por boas notícias e cuide-se!

Veja também

Leave a Comment