Franchising, uma estratégia para crescimento

 

Empresários que estão procurando estratégias de crescimento podem considerar a possibilidade de “franquear” seus negócios.  A seguir, descrevo algumas oportunidades e desafios associados a tal estratégia.  Espero que ela provoque algumas reflexões e lhes estimule a estudar mais sobre o assunto e sobre as questões envolvidas.

 

O que é franchising?

 

Franchising é uma estratégia de expansão de negócios que provou oferecer um crescimento rápido e com riscos calculados, mas razoavelmente reduzidos.  É uma forma de expansão de marca, de canal de distribuição e de aumentar o poder de compra junto a fornecedores.

 

Normalmente, uma empresa de franchising (um “franqueador”) concede suas marcas, seu know how e modelo comercial estabelecido para “franqueados”. Esses franqueados adotam esse modelo de negócios, incluindo a marca e depois operam em novos mercados. O modelo de negócios do franqueador muda para um modelo de “suporte” em vez de “operacional”. Reconhecimento de marca e receitas aparecem como resultado para o franqueador, mas para que o franchising seja um sucesso, deve haver benefício mútuo.

 

Franchising é uma parceria de longo prazo e as empresas que desejam ser bem-sucedidas devem reconhecer a verdadeira natureza do relacionamento e as responsabilidades de cada parceiro.

 

Normalmente, um franqueador exigirá de um franqueado:

 

  • comprometimento;
  • uma licença ou taxa de compra;
  • uma porcentagem das vendas ou lucros;
  • exclusividade ou não-concorrência;
  • Em contrapartida, os franqueados normalmente recebem:
  • treinamento inicial;
  • manuais de operações;
  • um “território”;
  • suporte contínuo;
  • apoio de marketing nacional e / ou regional;
  • uma licença de marca registrada;

 

-Dependendo do tipo de franquia, o acordo também pode incluir provisão de produtos, matérias-primas ou suprimentos.

 

Franquear não é para todo e qualquer negócio, se o seu negócio possui alguma das características abaixo, é possível que ele não seja franqueável:

 

-um produto ou serviço que provavelmente só terá um mercado de curto prazo ou um pequeno nicho de mercado que só existe em uma área geográfica limitada;

 

-um negócio que gera baixas margens brutas;

 

-um negócio “baseado em personalidade” que depende excessivamente da figura do dono e não da marca;

 

-um negócio governado por questões regulatórias e legislação que representaria desafios para franqueados, não serve para substituir representação comercial.

 

Características típicas de uma empresa que é franqueável:

 

-Marca: o núcleo de uma operação de franquia de sucesso é a marca. Os franqueadores devem ter uma marca com a qual as pessoas desejam comprar e estar associadas e tem de haver uma estratégia para o investimento contínuo na marca;

 

-Uma proposta de vendas convincente: uma empresa deve ter uma proposta de venda clara que seja compreendida e facilmente comunicada. Quer se baseie em preço, qualidade, serviço, disponibilidade ou qualquer outra coisa – a proposição deve ser consistente;

 

– Processos do negócio escritos e estruturados: uma empresa que desenvolveu processos de qualidade, consistentes e documentados para criar ou entregar seus produtos e / ou serviços.

 

-Consistência de produtos e serviços: os produtos ou serviços em si não precisam ser únicos ou mesmo melhores da classe, mas precisam ser consistentes na qualidade, preço e disponibilidade.

 

-Modelo replicável: os franqueados não estão apenas vendendo um produto ou serviço, mas uma maneira, um modelo de negócios comprovado. Empresas que não desenvolveram seus processos de negócios detalhadamente terão dificuldade em encontrar e depois gerenciar os franqueados.

 

-Experiência comprovada: embora não seja impossível, vender um “conceito” para um potencial franqueado é uma tarefa mais complexa. Os franqueados querem ver um produto ou serviço comprovado entregue a um mercado comprovado antes de investir seu dinheiro.

 

-Localização geográfica: se uma empresa já puder operar independentemente em locais diferentes, enquanto usa processos e métodos comuns, então há a base para estender esse modelo a uma operação de franquia.

 

Franchising é um modelo de negócios comprovado que pode gerar crescimento consistente e acelerar a penetração no mercado. No entanto, é uma estratégia para as empresas que entendem claramente qual é a base do seu sucesso e são capazes de repetir esse modelo várias vezes em outras praças e situações.

Veja também

Leave a Comment