AS MELHORES DICAS PARA A SUA EMPRESA!

Gestão de Produtos: O que é e como implementar?

Gestão de Produtos: O que é e como implementar?

A gestão de produtos é responsável pela criação produtos ou serviços, de modo a balancear as necessidades dos clientes com os objetivos da empresa.

 

Portanto, se você pensa que a estratégia de marketing é suficiente para crescer no seu negócio, repense!

 

Neste post, vamos esclarecer o que é Gestão de produtos, roadmap, como definir objetivos e implementar a área na sua empresa. Confira!

O que é Gestão de Produtos?

A Gestão de Produtos está relacionada à função do product manager ou gerente de produto. 

 

A área cuida da criação de produtos e serviços que satisfaçam os clientes e gerem boas receitas para o negócio. 

 

Para acertar na combinação, o gerente de produto precisa de conhecimento do público-alvo, da empresa e de liderança para gerir uma equipe.

 

O profissional também é o protótipo do profissional de perfil T ou X, ou seja, que combinam habilidades profundas e multidisciplinares, tais como tecnologia, marketing, design e muito mais.

 

Além disso, cabe ao gestor criar estratégias, roadmaps, negociar, além de superar as metas do cliente com o time de criação.

 

Por isso, a equipe liderada pelo product manager deve possuir habilidades complementares para ocupar uma função no planejamento.

Diferenças entre Marketing de Produtos e Gestão de Produtos

Até aqui, já é possível distinguir facilmente a diferença entre os dois. 

 

A gestão de produtos cuida do desenvolvimento do produto ou serviço, de modo a escolher a composição do projeto conforme estudos focados na criação.

 

O marketing de produtos, por sua vez, entra quando o produto já está finalizado. Cabe ao marketing enaltecer suas vantagens e vendê-lo ao público. 

 

Para isso, a concepção dos criadores – tudo o que quiseram passar para o projeto são alinhadas com as estratégias de prospecção de clientes.

 

As estratégias do marketing incluem a distribuição, ofertas, brindes, copywriting, tudo que envolva engajar a marca e o produto à venda.

 

Como implementar a Gestão de Produtos:

#1 Levantamento de Ideias

O primeiro passo para conceber um produto é reunir ideias, pesquisas, opiniões dos clientes e sugestões de melhorias.

 

Sendo assim, vale anotar tudo do Brainstorming (tempestade de ideias) geradas nas reuniões, pois podem servir para a produção atual ou futura. 

 

Alguns tópicos importantes da pauta de planejamento são:

 

  • Prioridade do projeto;
  • Projeção do Interesse das pessoas na funcionalidade do produto;
  • Projeção de valores que as pessoas estão dispostas a pagar;
  • As pessoas vão utilizar o serviço/produto?

#2 Especificações dos Produtos

As especificações do produto são as métricas que o produto deve alcançar. 

 

Isso é feito através da mensuração de todo o trabalho a ser feito para execução do trabalho. 

 

Logo, organize as perguntas sobre o trabalho a fim de servir de guia para informações mais técnicas no futuro. 

#3 Roadmapping

 

Nessa etapa, a pessoa responsável pela gestão de produto deve elaborar um roadmap de produto. 

 

Ou seja, um roteiro estratégico composto por todas as partes para guiar a equipe no processo de criação.

 

Nele, deve constar direcionamentos a serem tomados e os resultados esperados em cada fase. 

#4 Entrega do Produto

Nesse contexto, a entrega do produto diz respeito a finalização deste em parceria com a equipe responsável pelas especificações técnicas, testes, aparência e modelos.

#5 Avaliação

A função de um OKR (Objectives and Key Results) é definir os objetivos e resultados-chave que a empresa deve alcançar na sua  totalidade.

 

O OKR para times de produto possui a mesma lógica. A inclusão da métrica no roadmapping, por exemplo, contribui para os criadores direcionarem sua parte do projeto na geração de resultados.

 

Sendo assim, a equipe será capaz de alinhar o que esperam do produto com os objetivos da empresa.

Importância da Gestão de Produtos

A Gestão de Produtos faz os produtos ou serviços terem conexão com a empresa desde a sua criação.

 

Através da sua implementação, nota-se maior economia e assertividade na hora de investir em novos produtos.

 

Além disso, faz parte das funções do gerente de produtos analisar os dados relacionados ao empreendimento, bem como suas métricas. 

 

A prática contribui para decisões responsáveis.

 

Além disso, a tecnologia presente no mercado também auxilia e muito na gestão de produtos. Podendo desde automatizar processos até manter dados em tempo real dos clientes.

 

E com isso, fazer a ponte entre o que a empresa pode oferecer e a real necessidade de clientes.

 

E essa real necessidade pode ser de diversas formas: um produto já existente mas em um tamanho diferente, variedade de cores e sabores, vendido em conjunto com um produto similar que potencializa seus efeitos ou vender em conjunto com um serviço, personalizando a demanda e se destacando a concorrência.

 

Conclusão

Como você viu, implementar a Gestão de Produtos pode ser o que falta para alavancar os ganhos da sua empresa e a qualidade do que ela oferece para o cliente.

Para organizar os dados de pesquisas e acompanhar as métricas do seu negócio, utilize recursos variados, como planilhas personalizadas, inteligência artificial nas vendas e ferramentas de gestão.

Continue aprendendo em nosso blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *