A gestão empresarial e os ERPs

gestão empresarial

A gestão empresarial é historicamente vista como um conjunto de ações envolvendo o controle, a administração e a estruturação dos processos de uma empresa. Assim como praticamente todas as áreas do mundo dos negócios (e também fora dele), ela vem sendo fortemente influenciada pela tecnologia.

 

Se antes havia a dependência de pilhas de papéis para que fossem realizados, por exemplo, o controle de estoque ou controle financeiro de uma empresa, hoje em dia boa parte das empresas vem buscando alternativas online para possuir mais controle sobre seus processos internos. Isso ajuda, por exemplo, na redução de erros e no aumento da velocidade de execução de ações.

 

Atualmente estão em alta os sistemas de ERP (Enterprise Resource Planning, em inglês), sistemas integrados de gestão empresarial. Esse tipo de sistema tem desempenhado um papel extremamente relevante na digitalização e automação de processos no âmbito empresarial.

 

Com um Sistema de Gestão Empresarial é possível gerir, de forma centralizada e prática, diversos aspectos, como o controle financeiro e de estoque, a emissão de notas e boletos e o controle de orçamento e vendas. Esse tipo de sistema já representa um grande avanço na forma de gestão das empresas. Mas o que podemos esperar para o futuro? Qual o futuro da Gestão Empresarial?

 

O futuro da Gestão Empresarial

 

De certa forma, esse futuro se confunde com o próprio futuro da tecnologia em geral. A gestão empresarial (e, consequentemente, os sistemas de ERP) serão extremamente afetados por tecnologias que estão agora em ascensão. Imagine, por exemplo, que um dispositivo possa ser acoplado a uma máquina e esse dispositivo possa enviar informações em tempo real para o sistema de ERP.

 

Informações como localização, usabilidade ou performance poderiam ser atualizados em tempo real no sistema. Esse é o poder que a Internet das Coisas pode trazer à Gestão Empresarial. Com o potencial número gigantesco de informações sendo enviadas aos sistemas de ERP, será necessário que existam formas de analisar esse montante de informações, auxiliando gestores na tomada de decisão.

 

É justamente nesse ponto onde entrarão as ferramentas de análise de Big Data. É possível ver também muitas empresas migrando para serviços em nuvem, onde podem gerenciar diversas aplicações a partir de apenas uma interface.  

 

Com as ferramentas tecnológicas invadindo todas as áreas humanas, o futuro da Gestão Empresarial está associado ao uso ainda mais expressivo de ferramentas tecnológicas como auxiliares dos processos de tomada de decisão de gestores. Isso fará com que tarefas repetitivas possam ser automatizadas, abrindo espaço para que as empresas e os gestores possam pensar mais e ainda melhor em estratégias, não apenas em processos recorrentes.

Veja também

Leave a Comment