AS MELHORES DICAS PARA A SUA EMPRESA!

Home office: 8 dicas para manter produtividade de forma saudável

Home office: 8 dicas para manter produtividade de forma saudável

Linha: Melhore o rendimento no trabalho remoto sem deixar de ser saudável, usando o vale-alimentação a seu favor

Meta description: Como tornar o home office mais saudável e produtivo com essas 8 dicas e usando o vale-alimentação a seu favor.



Há mais de um ano, a rotina de trabalho de grande parte da população mudou radicalmente com a pandemia do coronavírus. Em vez do dia a dia nos escritórios, o que predomina é a vida dentro de casa.

Mas como continuar ativo e manter a produtividade de forma saudável no home office? Essa tem sido uma pergunta frequente, além de um desafio atual. Algumas práticas, entretanto, ajudam a fazer com que o trabalho em casa renda mais e melhoram o bem-estar de todos – desde manter uma rotina de atividades físicas, até programar suas compras de mercado com a ajuda do vale-alimentação.

Home office: experiência atual e tendência para o futuro

Muito se fala sobre o futuro do modelo de trabalho e se o home office irá ou não predominar na cultura empresarial.

Até o início da pandemia de COVID-19, cerca de 3,8 milhões de brasileiros trabalhavam no modelo de home office no Brasil, segundo dados do IBGE.

Com a pandemia, as empresas que passaram a adotar o modelo de trabalho em casa aumentaram em 43%, segundo uma pesquisa da consultoria Betania Tanure Associados (BTA) – sendo que, do total de funcionários dessas companhias, 60% passaram a atuar em casa.

Um dos motivos que podem justificar o aumento no home office é o distanciamento social, medida recomendada para evitar a transmissão do coronavírus entre a população. Evitar aglomerações dentro de espaços fechados ajuda a controlar os casos de COVID e contribui para que as empresas desloquem suas atividades do modo presencial para o estilo remoto.

Para o futuro, em um cenário que a pandemia de COVID-19 esteja controlada e a população plenamente vacinada, a previsão é que o home office permaneça no cotidiano do trabalhador.

Como aponta um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o home office deve ser um modelo que poderá crescer em 30%, nos próximos anos, após a retomada das atividades e estabilização dos casos de COVID-19.

Dicas para manter produtividade no home office

Embora seja um pouco nebuloso saber com total precisão qual é o futuro do home office – se esse será um modelo (ou não) predominante na vida das empresas – o que já sabemos é que esse é um estilo de trabalho bastante atual e que está impactando a vida de muitas pessoas.

Por isso, listamos algumas dicas que tornam home office mais produtivo, sem deixar de ser saudável:

Espaço para o trabalho

O primeiro passo para manter a produtividade no home office de maneira saudável é não transformar todos os espaços da casa em uma empresa. Procure separar um espaço da residência para as atividades laborais e o restante da casa para suas tarefas domésticas, como as de lazer e descanso.

Escolha uma mesa, um cômodo que não seja muito usado por você ou por sua família, ou qualquer ambiente para ser o seu escritório no dia a dia.

Isso ajuda a dividir a vida profissional com sua vida pessoal, melhorando o foco e concentração de suas tarefas laborais. 

Sabendo onde é o local onde pode trabalhar, você foca seus esforços para conseguir finalizar suas atividades somente naquele ambiente, sem deixar para depois aquela tarefinha para fazer na sala, por exemplo.

Não trabalhe na cama

Ao separar um espaço da casa para ser o seu mini escritório, não esqueça de direcionar a sua cama para ser o local único e exclusivamente reservado para o descanso.

Trabalhar na cama, além de ser prejudicial para a coluna, é ruim para a mente. Isso porque, ao usar a cama para trabalhar, associamos o local ao trabalho e, assim, não conseguimos nos desconectar na hora de dormir – prejudicando o sono e podendo levar a crises de ansiedade.

Rotina para o cérebro

Manter uma rotina é fundamental para o desenvolvimento e saúde do cérebro. Ele gosta de manter hábitos e estar em uma “zona de conforto”. Neste momento de home office e isolamento, a rotina ajuda a deixá-lo se sentir seguro e confortável.

Desse modo, estabeleça um horário para levantar, começar a trabalhar, almoçar, fazer pausas estratégicas, praticar atividades físicas, parar de trabalhar, jantar e dormir…

Reserve horas para trabalhar e para descansar

Ao criar sua rotina (semanal ou mensal), não esqueça de separar quais são as horas de trabalho e quais são as horas destinadas para o lazer/descanso. Isso ajuda a melhorar a sua produtividade no home office e também a ter uma vida saudável.

Aqui vale o mesmo raciocínio dos espaços da casa destinados para trabalhar: ao reservar algumas horas do seu dia para o trabalho, você se concentra para terminar tudo no prazo.

Afinal de contas, você está trabalhando em casa, mas não quer dizer que precisa trabalhar o tempo todo!

Levante-se e dê uma volta

Por falar em hábitos que fazem bem ao corpo, um comportamento que contribui para o bem-estar do organismo é o de realizar pequenas pausas ao longo do dia. Isso mesmo: levantar e dar uma “voltinha”. 

Sempre que sentir que está sentado há muito tempo, pare, levante, ande por uns 10 a 20 minutos.

Embora você não esteja no escritório e não seja possível fazer aquela ida para buscar o café, troque essa caminhada por uma volta até a janela ou mesmo até a cozinha e prepare o lanche da tarde. E não se esqueça: ficar sentado sem intervalos para andar é prejudicial para a coluna.

Equipamentos para home office

Usar e ter os equipamentos corretos para trabalhar em casa faz toda diferença na sua produtividade (e bem-estar).

Por isso, quando for possível, não deixe de procurar usar usar cadeiras confortáveis, mesas de suporte para o computador, apoio para os pés, garrafas d’água para se hidratar, alimentos nutritivos para se manter forte e disposto durante o dia. Muitas empresas estão oferecendo ajuda de custo, por meio de benefícios flexíveis, para que os funcionários equipem suas casas para o home office.

Atividade física

Praticar atividades físicas por si só é um hábito que contribui para uma vida mais saudável.  Quando praticamos atividade física, liberamos hormônios, como a serotonina e endorfina, que proporcionam sensação de bem-estar. E quem não quer se sentir bem, não é mesmo?

E falando especificamente sobre o home office, os exercícios físicos ajudam a manter o corpo mais flexível e forte – o que é benéfico para evitar lesões de postura, disposição para trabalhar e concentração para realizar as atividades do dia a dia.

Alimentação

Assim como praticar atividades físicas é importante para o corpo, cuidar da alimentação é crucial para uma vida saudável. 

Desse modo, procure sempre reservar pelo menos 1 hora para suas refeições principais (café da manhã, almoço e jantar) e priorizar alimentos saudáveis e nutritivos em cada uma delas. E não esqueça de fazer pequenos lanches, entre as refeições, a cada três horas. Assim, você mantém seu organismo bem alimentado e evita comer exageradamente nas principais refeições – o que evita a sensação de estufamento e o ganho de peso.

Uma dica que pode facilitar o dia a dia é deixar ingredientes usados em suas refeições já comprados na data (ou uma data próxima) em que é depositado o valor do seu vale alimentação Sodexo – um benefício oferecido pelas empresas para a compra de gênero alimentícios em estabelecimentos como supermercados, quitandas, mercearias, hortifrútis, sacolões, entre outros. Assim você já pode programar sua rotina alimentar para o mês ou, pelo menos, para a semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *