Como investir em ações para gerar renda

Um dos grandes objetivos que os investidores pessoas físicas buscam ao investir em ações é gerar renda. Com isso, as ações que pagam altos dividendos muitas vezes são o foco principal na seleção de ativos para a carteira.

 

Existem muitos artigos pela internet a respeito de ações que pagam altos dividendos. Infindáveis rankings com as melhores pagadoras de dividendos são distribuídos por corretoras e consultorias de investimentos.

 

E isso não é para menos, afinal de contas os dividendos são dinheiro vivo entrando na conta do acionista. Isso é realmente uma finte de renda para quem possui ações de empresas.

 

Mas será que o foco em ações que pagam altos dividendos é o que fará de um pequeno investidor um verdadeiro investidor de sucesso? Para saber mais sobre isso vamos ver melhor o que são os dividendos e por que eles são pagos.

 

O que são os dividendos?

 

Os dividendos são a parte do lucro de uma empresa que vai para o acionista. Aqui no Brasil, por lei a empresa é obrigada a distribuir no mínimo 25% do lucro em dividendo.

O que acontece no entanto, é que existem empresas que distribuem mais do que 25%.

 

Essas empresas podem ou não ser um bom investimento.

 

O que vai determinar o quanto será distribuído em dividendos será o conselho em assembléia. Sendo assim, geralmente se há mais investimentos para se fazer a fim de expandir o negócio da companhia é melhor que a empresa o faça com os lucros obtidos através de sua atividade operacional.

 

Se uma empresa deu 100 milhões de lucro e quer investir 60 milhões para expandir suas atividades para aumentar esse lucro no futuro, ela pode tomar dinheiro emprestado, lançar novos títulos como debêntures ou ações ou pegar 60 milhões do seu lucro e investir.

 

Por isso, pode ser mais interessante para o pequeno acionista não receber menos dividendos e deixar parte do dinheiro no caixa da empresa para ela expandir suas atividades. No futuro, se os investimentos na expansão renderem os frutos esperados, as ações da companhia podem se valorizar e o dividendo aumentar.

 

Mas se o dinheiro não sai do caixa da companhia não é renda

 

investir em ações

 

Sim é verdade. Se a empresa não passa o dinheiro para a sua conta não é renda.

Mas veja bem, para ter uma boa renda você precisa ter um grande patrimônio. Se você tem como patrimônio apenas R$10.000,00 você não vai conseguir grandes coisas como renda.

 

No início o seu foco deve ser em formar patrimônio. A renda deve ser o segundo passo.

 

Para formar patrimônio o melhor é investir em ações de boas empresas. Boas empresas são empresas com lucros consistentes e crescentes, pouca ou nenhuma dívida e uma boa governança corporativa.

 

Empresas assim também podem pagar muitos dividendos. Por isso, se você está na fase de formação de patrimônio o melhor seria que você reinvestisse todos os dividendos na própria empresa. Desse jeito você tem mais ações dessa empresa no longo prazo.

 

Esta filosofia ao longo do tempo pode fazer com que você fique com um grande patrimônio pois você vai ter o efeito dos juros sobre juros.

 

Finalizando

 

Se você vai investir em ações para gerar renda você deve saber primeiro em que fase você está. Se você já tem um grande patrimônio então não há problema em ter mais ações de dividendos.

 

Já se você está começando o melhor seria focar em empresas de crescimento. Assim seu patrimônio tende a crescer através da valorização  das ações dessa empresa.

 

Por fim, quando você já tem um bom patrimônio, pode pensar em gerar renda. Dê um passo de cada vez.

 

Postagens relacionadas

Veja também

Leave a Comment