3 Lições para Maior Sucesso no Empreendedorismo

Empreender em um país como o Brasil realmente não é uma tarefa fácil. Agora, empreender no Brasil em uma área onde isso não é comum ainda é bem mais complicado. Foi isso que me motivou a escrever esse Artigo.

Meu objetivo é trazer uma visão de agora- empreendedora e até- então acadêmica. Deixa eu me apresentar, sou Joana Salaverry, advogada por formação há mais de 10 anos, com alguns cursos de extensão no currículo e que agora resolvi empreender.

 Minha missão hoje é incentivar e orientar outros advogados que querem empreender ou já empreendem. E para isso tive que lidar com vários conceitos novos, mas que para outros profissionais já faz parte da rotina.

Por isso, vou escrever a seguir sobre as 5 Lições que aprendi com o empreendedorismo. Confere só:

Lição 1- A prática é bem diferente da teoria

Vim de formação altamente teórica. A Faculdade de Direito foca muito nos aspectos teóricos da nossa formação. Então, quando os bacharéis ingressam no Mercado de Trabalho o primeiro impacto é grande.

A impressão que dá é que durante anos nos ocupamos em perguntar e responder às questões erradas. É muito Direito e nenhuma noção de Marketing, Finanças, Administração, Planejamento Estratégico. Ou seja, nada que não seja estritamente jurídico.

Por isso, você que está pensando em empreender ou já empreende pode se acostumar que a maioria das lições que você irá aprender vem da prática, da ação.

Sendo assim, não idealize muito um planejamento. Não adie- demais- a execução. Alguns ajustes você terá que fazer com os planos já em prática. E está tudo certo! Faz parte do jogo!

A grande lição é: você planejou de um jeito e na prática o resultado foi outro? Não significa, necessariamente, que você fez algo errado. Simplesmente existem algumas métricas que não tem como controlar na teoria.

Depende de como as pessoas vão receber seu serviço/produto, depende do cenário externo. Ou seja: foque no que você controla! Faça seu trabalho o melhor que você conseguir.

Lição 2 – O mundo está mudando e é melhor você saber ler os sinais

Algumas barreiras que antes existiam e eram impeditivas para empreender, hoje estão caindo. A burocracia para empreender ainda é gigantesca, mas agora podemos contar com uma ferramenta bem democrática que está dando voz para muita gente: a internet e o ambiente digital.

Quando você pensou que as redes hoteleiras iriam temer a concorrência de quem nem tem hotel. Sim, porque foi isso que aconteceu com o AIRBNB e com o UBER também. Eles foram os primeiros que tiveram essa ideia. Muito provavelmente, não.

Qual foi a grande diferença, então? O ambiente digital já cresceu suficientemente para dar suporte para essas ideias inovadoras.

Então, a grande pergunta é: você está sabendo aproveitar essa oportunidade para explorar as facilidades democráticas que o Digital pode oferecer ao seu setor ou está satisfeito sentado à sombra da sua zona de conforto?

Vá à luta! Empreenda! Não espera por condições perfeitas para colocar seus planos em práticas. Esse cenário ideal pode nunca acontecer e a sua vida está passando. O que você está esperando para deixar de ser espectador e ser o ator da sua própria vida?

Lição 3 – O curto prazo será seu pior inimigo

Como você se imagina estar daqui 10 anos? Agora, o que você está fazendo dia após dia para chegar nesse cenário? Esse exercício é bem prático e vai ajudar você a ter uma visão amplificada do cenário.

Quando você pensa só em curto prazo, algo muito importante se perde: o poder do planejamento. Se você não sabe onde está e onde quer chegar, vai ficar parecendo uma pena ao vento. Você será totalmente vulnerável, isso porque se você não tem um plano de curto, médio e longo prazo como será possível traçar um plano e saber onde melhorar.

Às vezes, você prefere se enganar de que pensar só no hoje é melhor e que viver um dia de cada vez é mais proveitoso. Para mim, isso só fica bem em letra de samba na vida mesmo é bom que se projete. É possível que você se frustre?

Sim. Vai lá e recalcula o plano, não a meta. Eu prefiro mirar na lua e na pior das hipóteses acertar as estrelas.

Gostou desse texto?! Não pare agora, leia mais sobre empreender na advocacia no Blog da PowerJus.

Por Joana Salaverry, da PowerJus

Veja também

Leave a Comment