Marketing digital na hotelaria: 5 coisas que todo hotel e pousada deveria fazer

marketing digital na hotelaria

Saber usar a internet a favor pode ser o diferencial para pequenas hospedagens!

 

Não é segredo que a internet pode ser uma arma poderosa para qualquer negócio. Para quem tem estabelecimentos de menor porte no setor hoteleiro, como pousadas e hostels (os populares albergues turísticos), é mais importante ainda saber usar essa aliada para se destacar em meio ao poder financeiro de grandes redes de hotéis. E o marketing digital na hotelaria é a ferramenta mais importante na hora de chamar a atenção na imensidão da web.

 

E, apesar de tanta informação às vezes tornar difícil saber por onde começar. Mas, não há mistério na hora de usar os mecanismos da internet a favor do seu negócio de hotelaria.

 

Para dar uma mãozinha, selecionamos cinco ações fundamentais de marketing digital na hotelaria para fazer a diferença ao hotel ou pousada que procura se destacar e conquistar mais reservas diretas e hóspedes, e que funcionam mesmo no curto prazo. Veja a seguir!

 

1 – O Web Site

 

Não tem jeito, o web site ainda é o principal item do marketing digital na hotelaria de qualquer negócio, sua vitrine e o principal canal de comunicação com clientes em potencial.

Marcar presença na internet com um site adequado para hotéis e pousadas é fundamental.

Para isso, ele precisa ser responsivo, adaptado para outras mídias além do computador, como celulares e tablets. Também é bom ter design moderno e atrativo, apresentando bem os conteúdos – que, aliás, precisam ter qualidade.

No site também precisam estar divulgados pacotes, promoções e experiências que estimulem os viajantes a querer ficar no seu local. Isso sem falar em deixar bem visível os seus contatos (sendo o WhatsApp um ótimo canal para hotelaria) e uma opção de reserva direta como um formulário de pré-reserva ou motor de reservas.

Traduzir para outros idiomas, ao menos inglês e espanhol, ajuda bastante a conquistar os hóspedes estrangeiros, que são parcela importante no turismo nacional.

Essas características do web site são de grande valia para obter mais reservas diretas, que são aqueles que o internauta faz a pelo site, em vez de usar os intermediários como as agências online.

 

2 – Os Intermediários

 

Por falar nos intermediários, quem são eles?

Cada vez mais populares, as ferramentas como o próprio Google e o TripAdvisor são perfeitos para garantir visibilidade ao hotel ou pousada.

Eles são canais de enorme alcance, que podem ser aliados determinantes para ter mais hóspedes.

Para usar o Google, é imprescindível se cadastrar no Meu Negócio e ter todos os dados da empresa disponíveis e atualizados. O viajante que está buscando por uma hospedagem poderá, dessa forma, acessar informações como fotos, imagens 360 graus e comentários, que são diferenciais importantes na tomada de decisão antes de reservar uma hospedagem.

 

3 – As Avaliações

 

A gestão de avaliações – as chamadas reviews – é outro ponto que nunca pode ser deixado de lado.

Segundo dados de pesquisa do TripAdvisor, 88% dos viajantes confiam em opiniões públicas assim como confiam em recomendações de pessoas próximas. Por isso, é fundamental pedir aos hóspedes que avaliem e deixarem comentários principalmente no Google, um dos maiores influenciadores em termos de decisão de escolha de hospedagem.

As notas e comentários são usados por muitos viajantes como forma de decidir onde ficar.

E não basta só solicitar avaliações, depois de dadas, é essencial também responder a todas, principalmente as negativas, para mostrar que você e sua equipe estão comprometidos em resolver qualquer problema.

Nada melhor que utilizar as opiniões públicas para ampliar ainda mais sua credibilidade mostrando que você se importa com seu público!

 

4 – O Google

 

Não há dúvidas de que o Google é praticamente o “dono” das buscas online. A empresa atinge inúmeros mercados digitais e tem sucesso em quase todos eles. E quando se trata de divulgar um empreendimento local, não há marketing digital na hotelaria melhor do que estar bem ranqueado na ferramenta para palavras-chave de interesse.

O ranqueamento é obtido por diversos modos. Um deles é ter um web site com conteúdo de qualidade e criado com técnicas de SEO, e ainda adaptado para mobile (que já citamos anteriormente). O Google prioriza esses sites no ranking.

gestão de reviews é outro ponto importante. Quanto maior o número de avaliações e maior nota, melhor posicionado fica o hotel nos resultados de busca.

Mas o Google ainda criou outros meios de ajudar: o Adwords e agora o Google Hotel Ads, que são os anúncios pagos que deixam o local primeiro nos resultados de busca, tanto nas orgânicas, quanto no Maps.

 

5 – Os parceiros no marketing digital na hotelaria

 

Além de Google e TripAdvisor, é importante também firmar outras parcerias visando ganhar divulgação. Para isso, não faltam canais gratuitos como blogs e portais de viagem – alguns deles com ótima visitação de viajantes interessados em recomendações de hospedagem. Esses possuem mais credibilidade e são fontes de informação constante para turistas com muita influência na decisão de hospedagem.

Parceiros locais também são importantes para criar experiências e divulgar pacotes especiais. Por exemplo: você como hoteleiro deve conhecer uma agência que organiza passeios, ou mesmo um guia turístico local. Fechar uma parceria com eles e oferecer um pacote de feriadão já incluso o city tour agrega para ambos e facilita muito a vida do turista. Você pode pensar algo similar também para aulas. Que tal um pacote de final de semana com aula inclusa de culinária regional? Sem dúvida seus hóspedes vão adorar!

 

As ações de marketing digital na hotelaria precisam ser constantes e funcionar como engrenagens de uma grande máquina de reservas diretas.

As integrações das estratégias trazem a força necessária para os hotéis e pousadas conquistarem mais hóspedes e mais lucro!

Autor(a):

Thaisy Sluszz, HotelariaWeb.

Veja também

Leave a Comment