Marketing para E-commerce: o guia básico para o sucesso

Qualquer pessoa que começa a entender sobre E-commerce sabe que junto com bons produtos e um serviço de qualidade, o marketing é essencial para o sucesso de uma loja virtual.

 

Mas antes mesmo de conhecer algumas estratégias eficazes, é importante pesquisar e conhecer os vacilos mais comuns que o segmento costuma cometer, como não conhecer bem o seu público, não cuidar da aparência, funcionalidade e usabilidade do seu site (vamos falar melhor sobre isso mais à frente), não investir em anúncios ou não escolher a plataforma de hospedagem adequada.

 

Feito isso, é hora de começar pelo básico do marketing para E-commerce: o planejamento.

 

O planejamento de marketing para E-commerce

 

 

Vamos te dar a dica mais valiosa logo de cara: faça o planejamento logo no início da sua loja virtual. Se possível, até antes dela entrar no ar, para você já começar pondo em prática tudo o que planejou. Além de ser mais eficiente e menos frustrante, você não terá que desfazer possíveis erros.

 

O primeiro passo para um planejamento para E-commerce de sucesso é analisar o contexto do mercado e as tendências para o futuro. Escolher bem a sua plataforma de E-commerce é essencial, assim como desenvolver uma boa estratégia de marketing digital. Com essas três etapas bem feitas, a chance de sucesso da sua loja virtual cresce significativamente.

 

Mas calma. Se você já tem um site que não está vendendo bem, não se desespere. Não está tudo perdido. Faça o seu planejamento e aproveite os erros que cometeu como aprendizado para uma estratégia ainda mais assertiva. Antes começar mais tarde o seu planejamento, do que nunca começar.

 

O marketing digital e o conteúdo

 

Como dissemos, o marketing digital é parte primordial na estratégia para o seu E-commerce. E, hoje em dia, é praticamente impossível falar de marketing digital sem falar em marketing de conteúdo.

 

A produção de marketing de conteúdo é algo complexo que passa por várias etapas e métodos como a criação de Buyer Personas, a utilização do Funil de Vendas, e, é claro, o SEO. Se ainda não conhece, SEO, ou Search Engine Optmization, é um conjunto de estratégias que visam dar mais visibilidade para o seu site para ele ser mais facilmente encontrado pelos mecanismos de busca, como o Google. Entre os projetos que fazem parte do SEO, existe o AMP, ou Accelerated Mobile Pages, que busca acelerar as páginas para dispositivos móveis, como celulares. Vale a pena dar uma olhada.

 

Com uma boa estratégia de conteúdo, você poderá formar uma boa base de leads, que são pessoas que disponibilizaram voluntariamente seus e-mails e outras informações básicas que as fazem clientes em potencial. Trabalhando bem esses leads, você poderá conduzi-los mais facilmente à compra dos seus produtos. A vantagem é que para o E-commerce costuma ser bem mais fácil capturar esses e-mails e formar uma base sólida de leads. Então, aproveite!

 

Além disso, mais do que entender de marketing digital de forma geral, é preciso entender as especificidades do seu segmento e como essas estratégias seriam adaptadas para o seu negócio. Nessa parte, é importante não se apressar e saber que existe a hora certa para vender os seus produtos. Por outro lado, normalmente, E-commerces têm uma variedade de assuntos muito amplos para trabalhar, o que abre uma série de oportunidades e possibilidades muito interessantes, em se tratando de conteúdo.

 

As redes sociais para E-commerce

 

 

Como alguém ligado nas tendências do mundo digital, você já deve saber que, dentro do marketing digital, um dos pilares de uma loja virtual de sucesso é ter uma boa estratégia para redes sociais.

 

Se você estiver começando o seu negócio, é importante ficar ligado em alguns erros comuns que pequenos empresários costumam cometer nas redes sociais. Como não ter um objetivo claro e definido, usar um perfil pessoal, só falar dos seus produtos, não cuidar da aparência das suas contas, entre outros erros que podem ser fatais, dependendo das circunstâncias.

 

Como não ter objetivo é uma das principais falhas, é muito importante que seu plano de marketing dê bastante ênfase para as redes sociais. Tanto para impulsionar as suas estratégias de conteúdo, quanto para realizar o famoso SAC 2.0. E nessa fase, uma equipe bem qualificada e experiente pode fazer toda a diferença.

 

Sabendo disso, existem alguns segredos, que essas pessoas mais qualificadas conhecem bem, que podem te ajudar a ter mais êxito na sua estratégia de redes sociais. Como a escolha das redes sociais, dos horários de postagens, do uso de vídeos, lives, stories, do Facebook Insights, entre outros macetes que podem ser a diferença entre uma estratégia de redes sociais ok e um case de sucesso.

 

A usabilidade para E-commerce

 

Você já deve ter ouvido falar em UX, ou experiência do usuário, para sites. Pode parecer estranho falarmos disso em um post sobre marketing, mas a despreocupação com a aparência e as funcionalidades de uma loja virtual são erros mais comuns do que você imagina entre negócios que estão começando. E isso pode comprometer toda a estratégia de marketing para E-commerces.

 

A começar pela home. Apesar de parecer não participar diretamente do processo de compra dos seus visitantes, a home é essencial por ser o cartão de visitas da sua loja. Boa parte da seriedade, profissionalismo e até da qualidade dos seus produtos são passadas para os seus cliente por meio da home. Então, atenção aí.

 

Outros aspectos são igualmente importantes, como o bom uso dos espaços em branco, o cuidado com as fotos e a qualidade dos vídeos, e podem ser o que determina um usuário a comprar ou não. Esses aspectos e muitos outros contribuem para a usabilidade para o seu E-commerce.

 

Enfim, esses são apenas os primeiros passos que você pode dar por conta própria para melhorar o marketing do seu E-commerce. Mas para um serviço completo e profissional, o ideal seria ter uma equipe de um tamanho razoável e muito bem qualificada. Ou contar com um parceiro que entenda bem do assunto e já tenha uma larga experiência no seu segmento, de preferência com casos de sucesso e uma plataforma atualizada para as suas necessidades.

Esperamos que essas dicas iniciais tenham ajudado! Não esqueça, compartilhe com os colegas de trabalhos e amigos que também têm uma loja virtual. E boa sorte com o marketing do seu E-commerce!

 

Veja também

Leave a Comment