AS MELHORES DICAS PARA A SUA EMPRESA!

Qual a melhor maquininha de cartão para 2020?

Qual a melhor maquininha de cartão para 2020?

Está em busca de um guia de maquininhas que o ajude a escolher a melhor opção para o seu negócio?

Fique por aqui, então. Abaixo, listamos algumas das principais máquinas de cartão de débito e crédito disponíveis no mercados, com suas taxas, vantagens e desvantagens. Confira!

Antes de falarmos sobre o guia de maquininhas: faz diferença oferecer esse meio de pagamento?

Sem sombra de dúvidas.

Muitas pessoas deixaram de andar com grandes quantidades de dinheiro, não apenas por uma questão de segurança, mas pela praticidade de estar apenas com o cartão e a carteira de identidade.

Pense também: negócios que oferecem a possibilidade de parcelamento tendem a conquistar indecisos e permitir que mais pessoas adquiram serviços ou produtos. Todo mundo sai ganhando!


Qual é a melhor maquininha de cartão?


Existem diversas operadoras em funcionamento no momento. Entre as mais conhecidas estão: GetNet, Sumup, Stone, Pop Credicard, Cielo, Mercado Pago e a PagSeguro.


GetNet


A GetNet oferece serviços de aluguel e compra de maquininhas, além de planos para diferentes perfis de clientes. Abaixo, estão alguns dos pacotes existentes.


SuperGet


O modelo mobile tem conexão bluetooth com celular, aplicativo exclusivo para vendas e suporte que permite ao vendedor enviar ao cliente o seu comprovante por diversos meios.

A SuperGet com chip permite pagamento por aproximação, envia comprovante via SMS ou e-mail e tem chip com plano de dados grátis.

Os usuários que optarem pelo serviço recebem também a possibilidade de criar uma conta digital gratuita para pessoa física.

MEI e pessoa física, aliás, pagam taxa de apenas 2% no débito e no crédito à vista, com recebimento em até dois dias, em qualquer um dos planos citados.

Não há taxa de adesão.

Sumup


O valor das vendas cai na conta bancária do usuário em um dia útil e o valor das taxas é bem justo: 1% de taxa no débito e crédito à vista para vendas nos três primeiros meses ou até completar R$20.000,00 em vendas.

Após essa fase, as taxas voltam ao normal: o débito vai para 1,90%, o crédito à vista, para 3,10% (plano econômico) ou 4,60% (plano antecipado).

Existem três tipos de maquininha de cartão: a primeira é a SumUp Top.

Ela oferece conexão via Bluetooth com celulares Android e iOS e a possibilidade de visualizar o histórico de vendas gratuitamente, em aplicativo da marca.

A SumUp On tem conexão por wi-fi e chip 3G (que é gratuito) e bateria recarregável, além de enviar os recibos de vendas por SMS.

A SumUp Total, por fim, oferece conexão por wi-fi e chip 3G, permite a impressão ou o envio de recibos por e-mail, tem bateria recarregável e visual mais robusto, clássico.

Stone


A Stone oferece dois tipos de maquininha de cartão: a Smart e a Clássica.

A Smart é, de acordo com a descrição do site oficial da Stone, “tão fácil de usar que parece um smartphone”. Ela tem interface facilitada, que também pode ser personalizada.

Permite ao usuário receber pagamentos via celular ou NFC, emite relatórios, tem garantia ilimitada, bateria extensa e já vem com chip.

O modelo Clássico é mais simples, com visual tradicional, mas é potente: faz retentativas automáticas em locais com pouco sinal ou quando o sinal falha, demora muito tempo para descarregar e é resistente.

A taxa de débito é de 1,99%. A de crédito à vista, em até dois dias, é de 4,98%. A opção de recebimento em até trinta dias, por sua vez, tem taxa de 3,49%.


Cielo


Se você nunca teve maquininha de cartão, a Primeira Maquininha Cielo é uma boa opção: ela oferece taxa zero nos primeiros três meses, para faturamento até R$1500,00. Precisa ser usada com smartphone.

Para quem quer um modelo mais potente, vale investir na Cielo LIO: ela oferece, além das funções débito e crédito, controle de estoque digital, impressão rápida de Nota Fiscal e fechamento de caixa. Dispensa o uso de smartphone.

Outros modelos, como o Cielo FLASH, também podem fazer a cabeça dos usuários. No fim, tudo depende da demanda da loja ou do negócio em questão.

A Cielo trabalha com venda e aluguel de maquininhas de cartão. Suas taxas são de 2,39% (débito) e 4,99% (crédito à vista, em até 2 dias).


Mercado Pago


A maquininha Mercado Pago Point Mini Chip não precisa de conta bancária, não tem valor de aluguel e nem taxa de adesão, oferece plano de dados grátis e possibilidade de conexão via wi-fi.

A taxa de débito é de 1,99%, enquanto a taxa de crédito varia de acordo com o prazo de recebimento: quanto mais tempo para receber, mais barata é a taxa.

Na função débito, o dinheiro fica disponível na hora para o vendedor.

Para quem sente necessidade de ter uma máquina que faça a impressão do comprovante, recomendamos a Point Pro, a maquininha de cartões mais tradicional do Mercado Pago, que tem a dita função.


PagSeguro


O PagSeguro oferece diversas versões da Moderninha e da Minizinha.

Frequentemente fazem promoções. Atualmente, estão oferecendo 0% de taxa até o Carnaval (o limite de vendas é até dez mil reais, no entanto), sem aluguel, com chip grátis.

As máquinas da PagSeguro vêm com conta digital grátis e têm cinco anos de garantia.

As taxas normais são de 1,99% (débito, à vista, no primeiro ano de uso), 3,19% (crédito à vista) e 3,79% (crédito parcelado).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *