AS MELHORES DICAS PARA A SUA EMPRESA!

Nomadismo Digital: como empreender e viver a vida dos seus sonhos

Nomadismo Digital: como empreender e viver a vida dos seus sonhos

Você sabe o que é nomadismo digital? Então, leia até o final, e confira aqui como trabalhar viajando, e conhecer o que há de melhor pelo mundo afora!

Já pensou em poder rodar o mundo sem ter que esperar as férias? Poder passar uma temporada em cada cidade ou país, aproveitando tudo o que o local oferece e trabalhando de onde estiver? 

Pois saiba que isso não é um sonho. Com o aumento do uso da internet, e a possibilidade de trabalhar remotamente, muitas pessoas têm aderido a esse novo estilo de vida, são os chamados nômades digitais.

Enfim, você quer saber mais sobre nomadismo digital? Então, continue lendo este artigo e confira como aderir a essa nova modalidade para trabalhar e viver como sempre sonhou!

 

Nomadismo digital – o que é?

Nômade digital é o nome que se dá para quem trabalha remotamente, usando tecnologias digitais e a internet para trabalhar de qualquer lugar.

É a modalidade ideal de trabalho para quem ama viajar, e não se encaixa nos modelos tradicionais de trabalho.

Afinal, o nômade digital pode trabalhar de qualquer lugar do mundo, desde que tenha um bom computador ou celular, e um lugar para se instalar com boa internet. 

Com isso, o nômade digital pode realizar seu trabalho, e conseguir a renda para viver sem precisar se instalar em um só lugar. É o ideal para quem busca mais liberdade de organizar a própria rotina da forma que preferir.

Gostou da ideia? Se você se encaixa nessa nova modalidade de trabalho, acompanhe as dicas a seguir para se tornar um nômade digital também!

Como se tornar um nômade digital?

Abaixo, você acompanha as melhores dicas para aderir ao nomadismo digital, e viajar para onde quiser:

1 – Tenha coragem de se arriscar

A primeira coisa que você precisa para se tornar um nômade digital é de coragem. Pois quem já tem um emprego fixo pode sentir receio de deixá-lo para investir em uma carreira como essa.

Além disso, a rotina também passará por modificações. E esse é mais um fator que pode gerar insegurança na hora de tomar essa decisão.

Mas, se realmente é isso que você quer, é preciso ter coragem para iniciar essa nova carreira. E é aí que passamos para a segunda dica para se tornar um nômade digital, que é ter certeza de que deseja isso para a sua vida.

2 – Esteja certo do que deseja ao optar pelo nomadismo digital

Na verdade, não é só o nômade digital que precisa ter certeza de que deseja seguir essa carreira. Todo mundo precisa refletir e decidir o que quer para a vida, tanto no trabalho, como nas outras áreas da vida.

Mas é totalmente normal ter alguns momentos de dúvida. Então, nesses casos, o ideal é parar um pouco para refletir o que você quer mesmo para a sua vida. Por isso, pense se isso te fará feliz, antes de decidir mudar o rumo da sua carreira.

Essa dica é fundamental pois, para obter sucesso em uma nova carreira, é preciso batalhar. Mas também é preciso acreditar no que está fazendo. Assim, você terá muito mais chances de emplacar mais rápido, se acreditar no que faz, e se sentir feliz com isso. 

Além disso, no início da vida como nômade digital, você encontrará muitas pessoas que te julgarão, e tentarão te fazer desistir desse caminho, por não considerarem algo seguro e estável. 

Então, é preciso estar certo de que quer seguir por esse caminho, para não acabar sendo desmotivado por outras pessoas.

3 – Esteja aberto à mudança

As mudanças podem deixar as pessoas um tanto receosas, e isso não é um problema em si. 

Mas o nômade digital precisa estar ciente que mudanças acontecem, e que precisamos aprender a conviver com elas da melhor forma possível, aproveitando o que elas podem trazer de positivo.

Para seguir carreia como nômade digital, é preciso ser flexível e aberto às mudanças para se adaptar a novos estilos de vida, e não ficar preso a regras muito fixas. 

Ser flexível é fundamental para o nomadismo digital, e te ajudará a ter uma vida mais leve e feliz nesse novo caminho.

4 – Estabeleça uma rotina

Mas estar aberto às mudanças não significa não ter planejamento e rotina. É claro que a rotina será bem diferente da rotina de um trabalho convencional. 

Além disso, você pode organizar essa rotina da forma que é melhor para você, e não para o seu empregador.

A melhor parte de ser nômade digital é que você decide a melhor hora e local para trabalhar. O trabalho pode ser realizado durante o dia, à noite ou de madrugada. 

O local pode ser uma casa, um hotel, ao ar livre, locais compartilhados para trabalho (coworkings), e você pode usar uma escrivaninha, ou mesmo trabalhar sentado no sofá. O importante é estar focado na hora destinada à realização do trabalho.

Você deve conhecer os prazos e a demanda de trabalho, para organizar o que precisa ser feito, e quantas horas por dia precisarão ser dedicadas à atividade.

5 – Saber quando é hora de trabalhar e quando é hora de descansar

Em geral, o nômade digital consegue definir bem o momento que deve ser dedicado ao trabalho e ao lazer. 

Assim, durante as horas de trabalho, é preciso estar focado na atividade, para que possa desfrutar os outros momentos, aproveitando o local onde você se instalou por aquele período.

Isso é extremamente necessário para dar certo no nomadismo digital. É preciso estabelecer a melhor forma de trabalho, para você permanecer focado e cumprir suas atividades. 

Tem gente que consegue produzir bem em um café ou ao ar livre, enquanto outras pessoas precisam de um ambiente com escrivaninha e silêncio para produzir. Cada pessoa é livre para decidir a melhor forma de trabalhar. 

Mas é importante separar hora de trabalho e de lazer, tanto para não ter problemas no trabalho, quanto para não correr o risco de mergulhar demais no trabalho, e se esquecer de tirar um tempo para descansar, e cuidar da vida pessoal.

6 – Estabeleça um planejamento, mas saiba ser flexível também

Para entrar no nomadismo digital é necessário, além de tudo que já citamos aqui, planejar bem como se dará a mudança. Principalmente para quem pretende deixar um emprego fixo para se enveredar pelo nomadismo digital.

O ideal é poupar algum dinheiro para começar, pois uma reserva de emergência auxiliará ao iniciar essa nova fase da vida com mais tranquilidade, e tempo para se estabelecer.

Contudo, é preciso saber que, às vezes, é necessário mudar o planejamento também, e que isso é muito comum. 

Então, tenha um planejamento para mudar a forma de trabalho com segurança, mas não fique aguardando o momento perfeito, pois ele nunca chega. E é aí que voltamos ao ponto da coragem.

Se você já fez um planejamento para se tornar nômade digital, não deixe que a falta de coragem te impeça de mudar!

Por fim, se você deseja virar um nômade digital para aproveitar a liberdade geográfica e viajar o mundo, confira então os 5 melhores países para nômades digitais.

Vantagens e desvantagens do nomadismo digital

Existem muitas vantagens em ser nômade digital. As principais são:

  • Liberdade de ir para onde quiser, podendo morar em diferentes cidades ou países, como na Tailândia, por exemplo, nas cidades de Chiang Mai e Bangkok, que são duas das opções mais procuradas por nômades digitais;
  • Poder trabalhar nos horários que preferir, e ter mais tempo para aproveitar com outras atividades;
  • Poder conhecer diferentes lugares e culturas, e experimentar diferentes estilos de vida;
  • Mudar a rotina sempre que achar necessário.

Entre as desvantagens, podemos citar:

  • Algumas pessoas não têm motivação para trabalhar sozinhas.
  • A remuneração mensal não é fixa. Por isso, é necessário ter planejamento e reserva financeira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *