Principais tendências de TI para 2019

O relógio está contando a cada segundo que passa e o ano de 2018 caminha com muita pressa para o seu final. 2018 foi um ano marcado pela necessidade cada vez maior de garantir a segurança dos sistemas das empresas, pois os dados são cada vez mais importantes e é preciso tomar medidas para que a informação se mantenha segura.

Esse também foi o ano em que a União Europeia recebeu a nova lei de proteção de dados e no Brasil estamos nos preparando para receber algo semelhante: a já muito falada LGPD. E o que será que podemos esperar no ano que se avizinha? No artigo de hoje, apresentamos as principais tendências de TI em 2019!

 

Machine Learning

 

Esse conceito é uma revolução para a área da segurança da informação. O machine learning é uma vertente da Inteligência Artificial, (algo que já encontramos em muitas situações, como os chatbots dos sites de comércio eletrónico) que treina máquinas para aprender com dados. Este conceito permite ainda identificar algoritmos usados por vírus e outras ameaças utilizadas para o roubo de dados. O objetivo do uso desta tecnologia é prever ataques cibernéticos, utilizando apenas algumas linhas de código e estará em voga no próximo ano.

 

Armazenamento e backup de dados na Cloud

 

A Cloud tem vindo a ganhar cada vez mais fãs um pouco por todo o Mundo e assume-se como uma das grandes tendências de TI para 2019. As soluções de Cloud garantem maior mobilidade. Contudo, não podemos cair no erro de pensar que basta colocar as informações na Cloud para que estas se mantenham protegidas. Isso é um erro muito comum, mas bastante grave.

Uma vez que o armazenamento na Cloud permite que se consultem ficheiros da empresa em qualquer dispositivo móvel, é fundamental garantir que esses dispositivos se mantenham protegidos. Armazenar as informações empresariais na Cloud é muito importante para manter as informações seguras, mas não é suficiente para garantir isso: é obrigatório garantir que os dispositivos estão todos protegidos com antivírus.

 

Proteção em diversas camadas

 

Esta tendência já deveria estar a ser praticada há muito tempo, mas felizmente que 2019 é o ano da sua “consagração”! Os hackers estão sempre um passo à frente na área da tecnologia e encontram constantemente novas formas de invadir os sistemas informáticos. A proteção em camadas é uma forma muito mais eficaz de garantir que os dados ficam seguros e consiste numa série de práticas, como atiavação de firewall, antispam, antivírus, entre outras ferramentas, de modo a bloquear todos os acessos vindos de fontes duvidosas.

 

Soluções de segurança à medida para todas as áreas de TI

 

O mercado da tecnologia está evoluindo para um novo paradigma de soluções à medida de cada cliente e que resolvam as suas “dores” específicas. Com a exigência cada vez maior do mercado no que diz respeito à tecnologia, os fornecedores de soluções de TI estão oferecendo abordagens mais personalizadas, tendo em conta o tamanho e complexidade da infraestrutura de TI de cada empresa. Uma abordagem mais personalizada vai permitir que as empresas adotem soluções exclusivamente adaptadas às suas necessidades e o resultado final será muito mais vantajoso para cada organização.

 

Internet das Coisas

 

A Internet das Coisas descreve um cenário em que variados objetos utilizados no quotidiano estão ligados à Internet e já não é uma novidade. Atualmente, cada vez mais objetos se encontram ligados à Web.

Este conceito propõe que conectemos diversos objetos à rede, não com o intuito de criar um novo meio de consultar informação na Internet mas sim com a finalidade de tornar os objetos mais eficientes. De acordo com o Gartner, em 2020 existirão 20,8 milhões de dispositivos interconectados, sem contar com os computadores e dispositivos móveis.

Estima-se que em 2020 existirão 7,3 milhões de pessoas no planeta, o que significa que em média cada habitante da Terra terá cerca de três objetos conectados à rede. 2019 será o ano em que este conceito vai atingir a sua utilização máxima.

Autora:

Andreia Sofia

Postagens relacionadas

Veja também

Leave a Comment