Skip to main content

Como as empresas podem tirar proveito do software livre

O Software Livre vem ganhando cada vez mais força nas empresas como solução viável e colaborativa.

Porém, muitas delas, por falta de conhecimento, deixam a oportunidade de explorar este mercado. Elas nem mesmo se dão conta que gigantes como o Google e Facebook conquistam cada vez mais espaço e em grande parte por seguir a cultura Open Source.

Então, para entender melhor, vamos começar explicando o que afinal é o Open Source e como as empresas podem utilizar.

Red Hat, por exemplo, lucrou 2 bilhões no ano passado. Isto é um valor considerável para um produto que é livre e de forma legal disponível para download na internet.

Bem, estamos falando de um sistema operacional, mas esta lógica se aplica a qualquer ramo. Pelo fato do produto ser Open Source, significa que o código pode ser compartilhado seguindo diversas diretrizes, e o que você paga não é pelo software em si, mas pelo fato de que em algum momento você irá precisar do suporte deles.

Este modelo de negócio funcionou bem para a Red Hat, mas ainda é um grande desafio para empresas que atuam neste modelo e para que desenvolvedores possam de fato lucrar com isto.

 

O que é o Software Livre

 

Software livre, como o nome diz, é um software de código aberto, diferente das soluções que chamamos de proprietárias. O Windows, por exemplo, é proprietário, e você paga pela licença. Já o Linux é livre e com isso possibilitou a criação de diversos outros sistemas operacionais baseados nele. Na verdade o Linux vem do Unix, que é bastante peculiar, pois existem versões proprietárias e outras livres.

software livre
Pinguim – símbolo do Linux

Software livre e questões de segurança

 

Muitas questões envolvendo segurança são motivos de preocupações para empresas, mas o software livre não quer dizer menos seguro. Temos o Blockchain, por exemplo, que recebeu contribuição e fez com que melhorias de segurança fossem realizadas durante o tempo.

O próprio WordPress também passa por esta questão, sendo melhorada por uma comunidade para torná-lo mais seguro.

 

Software livre e comunidade

software livre

Uma das maiores vantagens do software livre é ter uma comunidade destinada a manter o projeto. Esta comunidade discute de forma livre melhorias e quando realizam uma cópia que chamamos de Fork muitas vezes retorna as melhorias para a fonte, fazendo que o projeto se torne mais eficiente.

As empresas podem ter muitos benefícios liberando bibliotecas para comunidades, e estas bibliotecas passam a ser mantidas e patrocinadas por um grupo de empresas. Desenvolvedores podem se cadastrar no Gitpay, que oferece trabalhos de empresas que utilizam o modelo Open Source de trabalho, usando o Git Workflow.

  • Google
  • Facebook
  • Globo.com
  • Catarse

O Google tem vários serviços onde tirou proveito do software livre para se tornar cada vez mais gigante. Ela criou o conceito de Material design que deu origem a vários sistemas de componentes desenvolvidos em diferentes linguagens de programação usando este conceito.

O Facebook pode deixar de ser a rede social mais usada do mundo em algum momento. Mas a biblioteca que ela criou, que hoje é livre e cada vez mais usada como tecnologia no Front-end, com o nome de React ela veio para ficar. Dela novas idéias surgiram e variações como o React Native, que permitiu o desenvolvimento de aplicações mobile usando apenas um framework.

 

Casos brasileiros

 

Entrando em casos de empresas Brasileiras, vi de perto a Globo.com tirando o proveito através do tempo com o software livre. Soluções com o Tsuru tornou a Globo referência em infra estrutura como serviço. Além disto, através dos tempos, pude também contribuir traduzindo a documentação do Bootstrap para o português, que é outro projeto que nasceu do Twitter e se tornou software livre. Temos tantos exemplos que existe um lugar onde é possível ver o que a Globo.com anda fazendo de Software Live.

O Catarse abriu toda sua plataforma e isto contribuiu na resolução de erros e melhorias, tendo uma ajuda a mais além da área de desenvolvimento da empresa, além de traduções e internacionalizações. Isto fez com que a empresa ficasse a frente de outras plataformas, pois tem uma comunidade inteira apoiando.

O Software Livre é uma solução para empresas de tecnologia?

 

Abrir parte de sua propriedade não é para qualquer negócio. Algumas vezes pode não fazer sentido, mas de alguma forma sempre tem como tirar vantagens e explorar as flexibilidades que ela oferece como mostramos aqui.

Autor:

Alexandre Magno 

http://blog.alexandremagno.net/  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *