Tipos de empréstimos para empresas: os MELHORES para os cofres da sua empresa

Empréstimos para Eempresas

É muito importante, para todas as empresas ter acesso a linhas de crédito. E desta forma, todo gestor deve conhecer os tipos de empréstimos para empresas que ele pode ter acesso. Você, como o gestor, conhece quais são os tipos de empréstimos para empresas?

O Brasil vem passando, já há alguns anos, momentos de instabilidade política e econômica. Nesse cenário, muitas vezes, fica difícil lidar com todas as contas e investimentos que uma empresa precisa fazer. A volatilidade do consumo e dos juros podem deixar qualquer um louco!

E é neste cenário que poderemos vir a precisar sair a procura de tipos de empréstimos para empresas que encaixe nas suas necessidades.

Portanto, para te ajudar com as dúvidas sobre quando fazer empréstimo e apresentar a você os principais tipos de empréstimos para empresas que você pode recorrer, escrevemos este artigo.

Compreendendo as diferenças entre cada um, suas vantagens e desvantagens, com certeza vai te ajudar a tomar a decisão correta sobre a busca de capital e ainda encontrar soluções de como conseguir empréstimo para empresa

Quais são os tipos de empréstimos para empresas?

Os tipos de empréstimos para empresas são bem variados e cada um deles vai servir para uma situação específica. 

Além disso, muitas vezes você verá linhas de financiamento ao invés de empréstimos propriamente ditos.

Mas existe diferença entre empréstimo e financiamento?

Sim!

Todo empréstimo que uma instituição cede a você ou sua empresa, passa por uma avaliação de risco.

A instituição vai avaliar qual a chance deste dinheiro não ser pago e dessa forma calcular os juros que irão cobrar. Ou mesmo negar um empréstimo.

Para fazer esta avaliação, a instituição vai te pedir todo tipo de documentos que ela possa avaliar o seu poder de quitar sua dívida. E é aí que está a principal diferença. 

Neste primeiro caso a instituição não tem muitas garantias de que irá receber. Eles apenas têm alguns indicativos.

Já nos financiamentos, a instituição já empresta o dinheiro com um fim específico: a compra de determinado bem. 

Isso inclui quase todo tipo de bem, que pode ser desde máquinas até carros e imóveis. E dessa forma o banco tem uma garantia, que é o próprio bem.

Desta forma você vai perceber que empréstimos, normalmente, vêm acompanhados de juros mais altos que financiamentos.

Caso você não consiga pagar suas parcelas, o banco tem um recurso para tomar posse e levar a leilão.

Agora que você já está mais alinhado com as diferenças entre empréstimos e financiamentos, vamos falar sobre os variados tipos que sua empresa pode conseguir. São eles:

  1. Crédito para Capital de Giro;
  2. Financiamento ou crédito para investimento fixo;
  3. Crédito para investimento misto;
  4. Antecipação de recebíveis;
  5. Linhas de crédito do BNDES.

Vamos então ver os detalhes sobre cada um deles.

1. Crédito para Capital de Giro

Este é um dos mais comuns tipos de empréstimos para empresas. 

Saber como usar capital de giro é muito importante para que a empresa consiga manter o seu funcionamento, movimentando as necessidades básicas como:

  • compra de insumos de produção, ou estoque de produtos;
  • pagamento de funcionários;
  • pagamento de serviços básicos como água e luz;
  • aluguel;
  • impostos, e tudo que seja essencial para a empresa funcionar.

O financiamento de capital de giro nas pequenas empresas, normalmente, conta com linhas de créditos específicas dentro das instituições e não é difícil de ser contratado.

Ele é muito usado em momentos de crise ou surpresas que possam acometer as empresas, pois o fluxo de caixa é o último recurso financeiro que a empresa dispões.

Se foi preciso usá-lo, é hora de ligar um alerta na gestão da empresa! Portanto muito cuidado.

2. Financiamento ou crédito para investimento fixo

Esta modalidade de financiamento é usada para investir em sua empresa. 

Caso sua organização esteja com pouco dinheiro em caixa para realizar investimentos, ela pode procurar uma instituição financeira e conseguir um empréstimos para todo tipo de ativos imobilizados das empresas, como:

  • Máquinas;
  • equipamentos;
  • expansão, modernização ou reformas;
  • veículos, entre outros.

Esta é uma modalidade que pode trazer melhores taxas de juros e ainda ajudá-lo a melhorar a capacidade produtiva de sua empresa.

3. Crédito para investimento misto

O crédito para investimento misto é outra forma de financiamento que está associada ao investimento de ativos imobilizados porém também com aporte financeiro para o novo capital de giro que será necessário para tal investimento.

Por exemplo: se você pretende adquirir uma grande máquina, capaz de dobrar a sua produção, você provavelmente precisará de, pelo menos, o dobro de matéria prima para dar conta. E com isso, um valor maior em seu giro de caixa.

4. Antecipação de recebíveis

Nesta modalidade de empréstimo você tem taxas bem atrativas e normalmente a operação é bem simples e pode ser feita automaticamente por você.

Com a antecipação de recebíveis você irá receber, antecipadamente, créditos como cartão de crédito, duplicatas e cheques pré-datados. Valores estes que só entrariam em sua conta no futuro.

É uma boa forma de equilibrar as contas e balancear o capital de giro em momentos de dificuldade.

5. Linhas de crédito do BNDES

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) é uma empresa pública que tem como objetivo apoiar empreendimentos de vários setores da economia. 

Por meio de financiamentos realizados com o Cartão do BNDES, o empresário pode realizar a compra de diversos equipamentos, máquinas entre diversos tipos de produtos que uma empresa possa precisar.

Com ele você pode dividir em até 48x com juros baixíssimos e prestações fixas e iguais.

Para emitir o seu cartão do BNDES você precisa ir até uma das instituições financeiras credenciadas como a Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, entre outros.

Encontrou uma linha de crédito que se encaixa em sua necessidade? Já pensou em empréstimo online?

Para cada necessidade e para cada momento. Escolha sabiamente e converse com as instituições com as quais você já trabalha normalmente em sua empresa. 

Outra dica que podemos dar a você é conversar sobre linhas de créditos específicas para o seu tipo de negócio! Produtores rurais, microempreendedores individuais e outros diversos setores podem se beneficiar de linhas de créditos especiais para conseguir aquele dinheirinho extra.

Esteja atento também para os valores das prestações e muito cuidado para não entrar contrair dívidas que sua empresa não possa honrar. A saúde dela depende de sua gestão responsável.

O empréstimo online é outra opção que pode ser usada para por empreendedores que estão em busca de um empréstimo consciente. 


A Gyra+ é uma plataforma que realiza empréstimo online seguro com taxas de 2% a 5,5% ao mês, para empreendedores digitais em busca de capital de giro. Faça uma avaliação no nosso simulador de empréstimo empresarial e descubra o crédito que cabe no seu negócio.

Veja também

Leave a Comment