Você sabe como melhorar a segurança de dados da sua empresa?

A segurança de dados de uma empresa é uma exigência cada vez mais necessária para os negócios, sejam eles públicos ou privados.

Isso se torna ainda mais essencial quando levamos em consideração o panorama atual: a grande maioria das atividades são alimentadas pelos bancos de dados virtuais. Assim, qualquer deslize provoca exposição do negócio para concorrentes ou até pessoas mal-intencionadas, como hackers.

Além de melhorar a proteção de dados, é preciso saber lidar com todo o aparato de medidas que combatem inúmeras ameaças.

Para isso, é preciso haver um planejamento a nível organizacional a fim de manusear habilmente o processamento das informações.

Mesmo que você não passe por algo similar a um hacker tentando invadir seu sistema, existe múltiplas situações e falhas que podem gerar perdas irreversíveis para suas operações, como corrompimentos de bancos e até quebra de hardwares.

Pensando nisso, listamos algumas dicas que podem te ajudar a lidar efetivamente com os riscos de perda de informações que rondam seu negócio. Confira:

 

Tenha uma hospedagem de qualidade

 

Como você armazena o seu site e o disponibiliza na internet?

Existem inúmeros serviços disponíveis para manter um site no ar. No entanto, a preferência por um de qualidade inferior pode ocasionar uma série de inconvenientes para a sua empresa.

Por ser o seu cartão de visita virtual, o site precisa conter informações atualizadas, estar sempre disponível para responder as dúvidas dos usuários e apresentar alta performance no momento da navegação. Tudo isso acontece se você contar com um bom serviço de hospedagem.

Além disso, é fundamental que ele garanta a segurança de acessos aos dados institucionais disponibilizados pela plataforma.

 

A importância do Backup Automático em Nuvem

 

Muito se fala sobre a importância do backup automático em nuvem. Mas, afinal, o que isso significa?

O backup automático em nuvem nada mais é do que uma outra estratégia tecnológica, que é capaz de criar uma cópia virtual dos dados de um determinado banco virtual, possibilitando uma redundância das informações. Por ser altamente recomendado, esse recurso é muito utilizado por empresas, sejam elas de grande, médio ou pequeno porte.

Todavia, essa ferramenta se mostra interessante, principalmente, em casos nos quais os relatórios gerenciais são essenciais, não podendo ser perdidos ou hackeados. Um exemplo que pode ser citado é o dos sistemas de gestão ERP’s, que operam diariamente com elementos críticos de todos os setores do negócio.

 

Limite a autorização de acesso

 

Como já mencionado anteriormente, devido ao ambiente extremamente conectado e interligado em que vivemos, a maioria dos ataques contam com estratégias bem pensadas para sua replicação rápida.

Dessa forma, é primordial criar um controle rígido sobre as pessoas que têm acesso aos computadores, dados e a infraestrutura do TI da empresa.

Uma forma de minimizar os riscos de uma possível invasão é conceder acesso aos dados de acordo com que cada função ou departamento necessita.

Você já ouviu falar sobre dados criptografados?

 

Um outro processo que vale ser ressaltado é a criptografia de dados. Resumidamente, a criptografia configura uma maneira de codificação das informações enquanto elas encontram-se em movimento, garantindo que, caso elas sejam interceptadas, não serão legíveis a alguém que não tenha a chave de decodificação.

 

O que a segurança de dados tem a ver com a competitividade empresarial?

 

Quase todas as atividades empresariais possuem uma interface digital. A internet e os inúmeros softwares de gestão desenvolveram dinâmicas para os fluxos virtuais, fazendo com que medidas de controle inexistentes há alguns anos se tornassem imprescindíveis atualmente.

A segurança da informação é um dos requisitos mais importantes. Suas bases de dados são um reflexo direto da organização e precisam ser devidamente resguardadas para assegurar a confiabilidade, disponibilidade e confidencialidade necessárias.

Não adianta atuar a partir de recursos tecnológicos sem se preparar. Se sua empresa possui dados em ambientes virtuais, saiba que você precisa trabalhar de maneira consistente para evitar riscos que ameacem expor ou perder elementos críticos do seu negócio.

 

Elabore regras de negócio consistentes

 

Desde sempre, as regras de negócio são utilizadas por todos os segmentos de negócios. Elas fazem parte das normas que comandam o funcionamento de toda a organização e, neste caso, precisam focar em medidas que garantem, individualmente e em grupo, a exclusão de comportamentos potencialmente suspeitos.

A boa notícia é que existe um conjunto de possibilidades de controles automáticos que asseguram as regras que você definiu a respeito do uso da tecnologia da informação. Sendo assim, trata-se de uma questão de consolidar as formas de trabalho mais adequadas e manusear ferramentas que simplifiquem a sua ação.

Alguns exemplos de como isso funciona na prática são:

– Restringir o uso de mídias removíveis nos computadores empresariais.

– Utilizar antivírus de qualidade.

– Orientar seus colaboradores sobre a abertura de links desconhecidos.

– Restringir o acesso a sites potencialmente perigosos.

 

Agora é com você!

 

Como você viu em nosso post, a segurança de dados deve ser um cuidado tomado constantemente pela empresa a fim de evitar ataques e obter meios de reconhecer a existência de qualquer ameaça em sua organização.

Medidas como a realização de backup ou mesmo o controle de acesso amenizam riscos e a exposição do negócio a ameaças.

Além disso, elas precisam estar estruturadas em conjunto com treinamentos e palestras para os funcionários sobre a importância da segurança da informação.

Agora que você conhece um pouco mais sobre a segurança de dados corporativos, solicite um desenvolvimento web para o seu site ficar ainda melhor!

Veja também

Leave a Comment